COTAÇÃO DE 02-12-2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6600

VENDA: R$5,6600

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8130

EURO

COMPRA: R$6,3753

VENDA: R$6,3783

OURO NY

U$1.768,55

OURO BM&F (g)

R$319,92 (g)

BOVESPA

0,4902

POUPANÇA

+3,66%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Política
Crédito: Gil Leonardi/Imprensa MG

O governador Romeu Zema iniciou ontem uma série de reuniões, por videoconferência, com prefeitos de diversas regiões de Minas, para discutir as ações de prevenção e enfrentamento ao novo coronavírus no Estado e medidas adotadas para retomada gradual e segura da economia.

Na primeira reunião, Zema conversou com prefeitos do Triângulo, Sul, Jequitinhonha e Noroeste.

PUBLICIDADE

Zema apresentou as principais ações adotadas por sua gestão para enfrentamento da crise do Covid-19 que permitiram que o Estado se preparasse e conseguisse alcançar resultados expressivos no combate à pandemia. Minas Gerais é o segundo estado do País com a menor incidência de óbitos por 100 mil habitantes, de acordo com o governo estadual.

“Minas tem sido um estado exemplar na condução do enfrentamento à pandemia, e esperamos que esta situação perdure. Estamos lidando com um inimigo que é traiçoeiro e imprevisível. Porém, até o momento, parece que os mineiros estão conseguindo conduzir bem esta guerra. Nossos números de casos têm crescido, mas dentro de uma situação que permite o nosso sistema de Saúde continuar atendendo. Temos, hoje, um colchão de segurança. Apenas 7% dos nossos leitos estão ocupados com suspeitos ou portadores do Covid-19, e isso nos dá essa segurança tão necessária”, afirmou o governador.

Segundo Zema, a suspensão das aulas e o início antecipado do isolamento permitiram que Minas alcançasse este resultado, além das características populacionais do Estado.

Ele também agradeceu e parabenizou o empenho dos prefeitos na condução das ações em seus municípios.

Romeu Zema ainda detalhou aos prefeitos algumas das ações que vão beneficiar diretamente os municípios, como a reativação de 368 leitos – sendo 90% deles no interior -, a compra de 1.047 novos respiradores, o trabalho de recuperação de respiradores que estavam estragados em todo o Estado e a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para repasse às prefeituras a preço de custo.

Reativação da economia – Durante a reunião, os prefeitos relataram que a situação em seus municípios está sob controle e que o trabalho de combate à pandemia segue firme e sério, mas ressaltaram a necessidade de medidas para a reativação da economia. Zema frisou a importância do programa Minas Consciente, que prevê a retomada gradual e segura das atividades econômicas.

“Os protocolos do Minas Consciente permitem a reativação gradual e segura da economia. Temos recebido críticas, da mesma maneira que vocês prefeitos, mas temos que fazer aquilo que está ao nosso alcance e dentro da nossa realidade, sempre colocando a vida em primeiro lugar. Hora nenhuma eu, como governador, quis colocar uma diretriz única para todo o Estado porque eu sei que cada prefeito tem uma situação distinta, e talvez aí esteja um motivo de Minas estar indo bem. Vale lembrar que o Ministério Público também participou da construção do Minas Consciente. Estamos, até o momento, de parabéns, porque independentemente de região, de cidade, nós temos conseguido conduzir de forma bastante adequada, se comparado a outros estados”, finalizou o governador.

Os prefeitos apresentaram a situação de seus municípios e as principais demandas, como o auxílio no credenciamento de leitos junto ao governo federal, a estruturação do sistema de Saúde e o trabalho de reativação da economia.

“Nós já fizemos, logo no início, um decreto aderindo ao Minas Consciente. Estamos acompanhando todas as fases e hoje estamos na onda branca (reativação de serviços de baixo risco)”, afirmou o prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio Rodrigues Alves.

O prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões, afirmou que, em seu município, as atividades estão sendo retomadas. “Temos que parabenizar pela forma tranquila e serena com que o governador vem conduzindo a questão da pandemia do coronavírus. Aqui em Pouso Alegre nós temos tentado nos espelhar no senhor para tocar a vida. Temos uma preocupação muito grande com o que vem pela frente, depois da pandemia”, ponderou.

Já o prefeito de Uberaba, Paulo Piau, ressaltou o trabalho bem feito no Estado e repassou algumas demandas para a área da Saúde. “Minas está em uma situação tranquila, graças às medidas adotadas na hora certa”, disse. (Agência Minas)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!