Manoel Mário de Souza Barros*

A era digital influencia e auxilia vigorosamente as decisões na pecuária de ponta. Hoje, as novas tecnologias vão do cocho ao bebedouro e por aí afora. Equipamentos modernos e automáticos monitoram o consumo de comida e água e fornecem os insumos na quantidade certa e nos momentos exatos. Nas chamadas balanças de passagem, instaladas nos pastos ou nos currais de confinamento, garantem precisão com agilidade.

Hoje, nosso pecuarista monitora e acompanha em tempo real até o comportamento do rebanho, e no caso de dispositivos tridimensionais já é possível fazer estimativa do peso dos animais. Também o reconhecimento facial. Na era Cowtech e por via satélite, as imagens captadas do espaço podem ser usadas até para avaliar a disponibilidade e a qualidade das pastagens. Já os recentes equipamentos de drones estão sendo usados até para a contagem física do rebanho e na identificação por termovisores de eventuais animais doentes ou feridos.

Com a tecnologia Cowtech, o pecuarista coloca diretamente no animal, por exemplo, um brinco eletrônico em uma das orelhas e promove um ponto de integração de diversas informações sobre os animais, como genética, sanidade mental, até mesmo sua nutrição específica e seu desempenho.

Já com um sensor de cauda, é possível prever quando a vaca vai parir e enviado um SMS para o pecuarista uma hora antes do parto. E para controlar sua ruminação, através de um colar eletrônico, também identificar eventuais doenças do rebanho e prevenir problemas maiores e ainda indicar até quando a vaca está no cio.

Com essa verdadeira central de controles, a conexão dessas ferramentas e plataformas integrará um banco de dados e disponibilizará em sistema de nuvem, colocando de fato a pecuária na era digital. Agilidade e precisão dão ao pecuarista do Agro 4.0 uma extraordinária autonomia, valiosa para as suas tomadas de decisão no campo.

*Advogado tributarista do Agro, presidente da Comissão do Direito do Agronegócio da OAB/MG e diretor do Agronegócio da Câmara Internacional de Negócios (CIN)