COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$6,6420

VENDA: R$6,6450

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Chegam a R$ 5 bi os prejuízos previstos para setor de comercialização de energia este ano

COMPARTILHE

Abraceel aponta que solução sobre o impasse do GSF seria fundamental neste momento
A Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel) já estima que devem chegar a R$ 5 bi os prejuízos que o comércio livre de energia deve acumular com a crise provocada pela pandemia. Para os representantes desse setor – que é responsável por 30% da energia consumida no país – a criação da chamada conta Covid não é suficiente para amenizar os danos causados pela queda da demanda e o aumento da inadimplência que as empresas comercializadoras estão sofrendo.

A Abraceel defende que se acelerem as propostas que já tramitam no Congresso Nacional, como o PL 3975/2019, que trata da questão do GSF, e o PLS 232/2016, da modernização do setor elétrico, que aguarda a aprovação do Senado para seguir para a Câmara dos Deputados para se abrir definitivamente o mercado de energia elétrica no Brasil.
“Entendemos que independente de qualquer estratégia que se pense para este momento, a solução para o impasse do GSF e a abertura do mercado são fundamentais para o bem dos consumidores brasileiros”, afirma o presidente executivo da Abraceel, Reginaldo Medeiros.
“É igualmente importante revisar a necessidade de investimentos em geração e transmissão, de forma a não onerar desnecessariamente o sistema”, comenta Reginaldo Medeiros.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!