COTAÇÃO DE 17/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2820

VENDA: R$5,2820

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3100

VENDA: R$5,4500

EURO

COMPRA: R$6,2293

VENDA: R$6,2322

OURO NY

U$1.754,86

OURO BM&F (g)

R$298,96 (g)

BOVESPA

-2,07

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia Economia-destaque
Crédito: NASA
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

Uma nova geração de desigualdades impulsionadas pela mudança climática e pela tecnologia pode desencadear violência e instabilidade política se não for combatida, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) ontem.

A mudança climática e a tecnologia, e não a riqueza e a renda, são os obstáculos dos dias atuais que estão dividindo cada vez mais os privilegiados daqueles mais pobres, disse o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) em seu Relatório de Desenvolvimento Humano de 2019.

PUBLICIDADE

Estas formas de desigualdade estão aumentando em meio ao progresso feito em medidas de desigualdade mais tradicionais, como pobreza extrema e doenças, informou o documento. “À sombra da crise climática e da mudança tecnológica abrangente, as desigualdades no desenvolvimento humano estão assumindo novas formas”, afirmou.

“A crise climática já está afetando os mais pobres mais duramente, e os avanços tecnológicos, como o aprendizado das máquinas e a inteligência artificial, podem deixar para trás grupos inteiros de pessoas, até países”.

Permitir que estas novas desigualdades cresçam pode ser “extremamente perigoso e altamente volátil”, disse o administrador do Pnud, Achim Steiner. “Nos países ricos e emergentes, e também nos países em desenvolvimento onde uma classe média emergiu, suas reações são cada vez mais violentas”, disse ele à Thomson Reuters Foundation antes da divulgação do relatório.

“Se não forem administradas bem e praticamente, elas se manifestarão essencialmente no que vemos no noticiário noturno – carros em chamas, edifícios em chamas, infraestrutura em chamas, milhões de pessoas nas ruas protestando e depondo governos”.

Protestos de rua vêm se destacando no noticiário sobre Hong Kong, Iraque, Irã, Líbano, Chile, Bolívia, Venezuela e outras partes devido a uma gama de assuntos, como aumentos de preços, políticas governamentais, corrupção e movimentos pró-democracia.

O relatório do Pnud disse que a mudança climática aumentará a desigualdade à medida que atinge países em desenvolvimento, muitos com uma capacidade limitada de resistir às ameaças da desnutrição, das doenças e do estresse do calor.

“Por isso, os efeitos da mudança climática aprofundam as falhas geológica, sociais e econômicas existentes”. (Reuters)

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!