COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$6,6420

VENDA: R$6,6450

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Dólar cai e bolsa tem dia positivo

COMPARTILHE

Crédito: Amanda Perobelli / Reuters

São Paulo – O real foi destaque positivo nos mercados globais de câmbio ontem, escapando da depreciação que afetou outras moedas emergentes, conforme investidores se agradaram com o parecer sobre a reforma da Previdência, que elevou o otimismo do mercado quanto à potência fiscal do projeto.

O dólar à vista caiu 0,36%, a R$ 3,8546 na venda. O real revezou com o rublo russo o posto de moeda com melhor performance nesta sessão. No exterior, o dólar subia 0,05%. Na B3, o dólar futuro de maior liquidez cedia 0,31%, a R$ 3,8595.

PUBLICIDADE

Na mínima do dia, o dólar chegou a marcar R$ 3,8350. Mesmo tendo recuperado parte das perdas no fechamento, o dólar ainda terminou abaixo das médias móveis de 200, 100 e 50 dias, indicador técnico de tendência de baixa para a moeda norte-americana.

“Isso se segue a uma quebra do canal de alta para o dólar iniciado em janeiro e um forte desvio da tendência de ganhos que durou seis meses”, afirmou Dimitri Zabelin, analista de câmbio do DailyFX.

Com base no parecer do relator Samuel Moreira (PSDB-SP), a reforma da Previdência deverá ter, ao longo de uma década, impacto fiscal em torno de R$ 1,13 trilhão. O relator afirmou que vai trabalhar para garantir que estados e municípios sejam incluídos novamente na reforma.

“O relatório da Nova Previdência hoje é bastante positivo… e mantém a estrutura do projeto inicial do governo”, disse José Márcio Camargo, economista-chefe da Genial Investimentos.

Chama atenção a valorização do câmbio a despeito de nova rodada de firme queda nos juros futuros, o que indica risco de mais redução do diferencial de taxas entre Brasil e Estados Unidos – razão citada por muitos no mercado para explicar o dólar mais perto de R$ 4 do que de R$ 3.Para analistas, a confiança na materialização da agenda de reformas tem se sobreposto aos retornos inferiores à média histórica para o câmbio.

Para analistas, a confiança na materialização da agenda de reformas tem se sobreposto aos retornos inferiores à média histórica para o câmbio.

Bolsa – O Ibovespa fechou em alta, em meio à repercussão favorável de parecer sobre a reforma da Previdência e ajudado pela alta das ações da Petrobras.

O Ibovespa subiu 0,46%, a 98.773,70 pontos. O volume financeiro somou R$ 18,65 bilhões. (Reuters)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!