COTAÇÃO DE 19/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5930

VENDA: R$5,5940

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,7770

EURO

COMPRA: R$6,4569

VENDA: R$6,4588

OURO NY

U$1.768,97

OURO BM&F (g)

R$315,96 (g)

BOVESPA

-3,28

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Minas Gerais cria mais de 34 mil vagas de trabalho em julho

COMPARTILHE

No último mês, foram contratados 182.066 profissionais e demitidos outros 147.733 no Estado, sendo que o maior número de postos gerados foi no setor de serviços | Crédito: Amanda Perobelli/Reuters

O saldo de empregos formais continuou positivo no mês passado em Minas Gerais, conforme os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Ministério do Trabalho.

Em julho, houve superávit de 34.333 vagas de trabalho no Estado. A criação de postos de trabalho segue positiva desde o início do ano e chegou a 219.560 no acumulado dos sete primeiros meses de 2021.

PUBLICIDADE

As 34.333 vagas representam o melhor resultado para o mês de julho, desde 2013. No sétimo mês de 2013, 11.633 postos de trabalho foram criados em Minas. Desde então, o Estado apresentou superávit no mês de julho apenas em 2017, 2018 e no ano passado, mas sempre abaixo dos mais de 34 mil postos.

Além disso, o resultado do emprego formal de julho em Minas superou em 46% os 15.843 empregos do mesmo mês de 2020.

Ao todo foram contratados 182.066 profissionais e demitidos outros 147.733 durante o sétimo mês deste exercício. Com isso, Minas acumulou 1,213 milhão de contratações e 994.150 desligamentos no período de janeiro a julho de 2021.

Tanto no mês como no ano, o Estado apresentou o segundo maior saldo do Brasil. Em âmbito nacional, o saldo do mercado de trabalho foi de 316.580 empregos no último mês e 1,848 milhão de vagas no acumulado do ano. São Paulo lidera a geração.

Vale lembrar que o governo federal adotou uma nova metodologia da pesquisa para o Caged. Anteriormente, os dados eram computados utilizando informações da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), agora também entram as informações do eSocial, o que resulta em mais categorias consideradas.

Empregos formais por setores

Mais uma vez, o setor de serviços foi o que mais gerou empregos em Minas Gerais no mês passado, com 12.276 novos postos.

De acordo com os dados do Caged, a maior parte das vagas foi atribuída ao subsetor de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativa seguida pelo grupo de administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais.

Depois de serviços, destacou-se o comércio, com 8.331 empregos gerados no Estado no último mês. O comércio varejista respondeu por 6.320 vagas, o por atacado 1.299 e o de veículos automotores e motocicletas 712.

Em terceiro ficou a indústria geral, com 7.775 novos postos de trabalho criados no mês passado. A construção civil gerou 4.851 empregos e a agropecuária 1.100 em julho no Estado, de acordo com o Caged.

Vale destacar que o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm) chegou ao fim na última quarta-feira (25), prazo limite para que empresas firmassem os acordos de redução de jornada e salário ou de suspensão de contratos de trabalho, o que poderá trazer algum impacto para o mercado de trabalho formal nos próximos meses.

Lançado no ano passado como uma das medidas de enfrentamento à crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19, o programa beneficiou cerca de 10 milhões de trabalhadores em acordos que tiveram a adesão de quase 1,5 milhão de empresas.

Apenas neste ano, desde quando foi relançado em abril, até o dia 17 de agosto, mais de 2,5 milhões de trabalhadores obtiveram a garantia provisória de emprego mediante acordo com 632,9 mil empregadores.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!