Crédito: REUTERS/Diego Vara

Rio de Janeiro – A Petrobras recebeu três ofertas pela Liquigás, unidade de botijões de gás liquefeito de petróleo (GLP) da estatal, disseram duas fontes à Reuters, em meio a um processo de venda do ativo que havia definido prazo até sexta-feira para a apresentação de propostas vinculantes pelos interessados.

A Liquigás atua no envasamento, distribuição e comercialização de GLP no Brasil por meio dos segmentos de negócios engarrafados e a granel.

“Tivemos três ofertas e muito boas”, disse nesta segunda-feira uma das fontes com conhecimento do assunto, que falou sob a condição de anonimato porque as informações sobre a transação não são públicas.

A expectativa da companhia é fechar a venda da Liquigás – líder no segmento de GLP envasado, com ampla presença nacional – até novembro, acrescentou a fonte, que não abriu o nome dos ofertantes.

Uma segunda fonte afirmou que, após negociações, a proposta vencedora será levada ao conselho de administração para uma decisão final.

O período de entrega de propostas pela Liquigás havia sido adiado em pouco mais de uma semana após pedidos de potenciais investidores, que queriam mais tempo para realizar as devidas avaliações sobre a unidade, conforme publicou a Reuters anteriormente com fonte.
Procurada, a Petrobras não respondeu imediatamente a um pedido de comentários.

A companhia é uma das dezenas de ativos que a Petrobras colocou à venda em uma ampla campanha de desinvestimentos com o objetivo de reduzir a dívida e priorizar a exploração e produção de petróleo em águas profundas.

A companhia já levantou US$ 15 bilhões com as vendas de ativos no acumulado do ano até o fim de julho.

Leilão de biodiesel – O 68º leilão de biodiesel do Brasil registrou o arremate de 1,139 bilhão de litros do produto, para atendimento de demanda em setembro e outubro, ante 984,443 milhões de litros negociados no certame anterior, para julho e agosto, informou nesta segunda-feira a agência reguladora ANP.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor total do certame foi de R$ 1,141 bilhão, com preço médio de R$ 2,857 reais por litro – descontada a margem da Petrobras.

Ainda de acordo com nota do órgão, o ágio médio foi de 1,30% em relação à média ponderada dos preços máximos de referência, de R$ 2,820 por litro.

A apresentação das ofertas de biodiesel ocorreu em 12 de agosto, com 38 produtores disponibilizando 1,141 bilhão de litros, sendo 99,74% de produtores que possuem o selo Combustível Social. (Reuters)