RHI Magnesita reduz prejuízo em US$ 7 mi

17 de agosto de 2018 às 0h00

A RHI Magnesita (combinação das operações entre a Magnesita e a gigante austríaca de materiais térmicos refratários RHI) apurou prejuízo líquido de US$ 29,8 milhões no primeiro semestre. Apesar do resultado negativo do período, houve uma melhora em relação ao prejuízo de US$ 36,8 milhões nos mesmos meses de 2017. “Na medida em que avançamos para o segundo semestre de 2018 e completamos nosso primeiro ano como RHI Magnesita, nossa atenção estará focada em trazer excelentes resultados para nossos acionistas, oferecendo soluções combinadas, inovadoras e conjuntas a todos os nossos clientes globalmente”, afirmou em nota o presidente do Conselho de Administração da companhia, Octavio Pereira Lopes. A receita operacional da RHI Magnesita somou US$ 626 milhões entre janeiro e junho contra US$ 552,2 milhões nos mesmos meses de 2017, com um aumento de 13,4%. O segmento de soluções refratárias gerou US$ 554,4 milhões de receita nos seis primeiros meses deste ano, respondendo por 88,5% do faturamento total no intervalo. Na comparação com a receita de refratários no mesmo período de 2017 (US$ 484,5 milhões), houve um crescimento de 14,4%. Já no segmento de minerais industriais, a receita da companhia somou US$ 37,7 milhões entre janeiro e junho sobre US$ 32,9 milhões em igual período de 2017, uma evolução de 14,7%. Em igual base de confronto, o faturamento com serviços alcançou US$ 33,8 milhões ante US$ 34,8 milhões, com queda de 2,9%. Até junho, a companhia investiu US$ 19,3 milhões, 12,8% menos que no mesmo período de 2017, quando os aportes somaram US$ 21,8 milhões. Segundo o presidente do conselho da companhia, a tendência é que as inversões fiquem no patamar de US$ 165 milhões para cada 12 meses móveis. O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da empresa somou US$ 111,2 milhões entre janeiro e junho ante US$ 91,2 milhões nos mesmos meses do ano passado, alta de 21,9%. A margem ebitda do período foi de 17,8%, 1.3 ponto percentual acima na mesma comparação. O capital de giro da companhia ficou em US$ 169,9 milhões ao final de junho. Como percentual das vendas, a intensidade de capital de giro atingiu 13,3% ao final de junho, 860 bps abaixo do mesmo período do ano passado. Líder global – O acordo celebrado para combinar operações entre a Magnesita e a austríaca RHI foi anunciado em outubro de 2016. A operação movimentou pelo menos 118 milhões de euros. Com a transação, o conglomerado, que desde o fim de outubro de 2017 opera oficialmente como RHI Magnesita, tornou-se líder global do setor de refratários.

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Conteúdo Relacionado

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail