COTAÇÃO DE 20/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5600

VENDA: R$5,5610

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5630

VENDA: R$5,7070

EURO

COMPRA: R$6,4683

VENDA: R$6,4712

OURO NY

U$1.782,01

OURO BM&F (g)

R$318,60 (g)

BOVESPA

+0,10

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Sindtanque-MG se reúne na 2ª com governo para negociar redução do diesel

Encontro ocorrerá em meio a nova ameaça de paralisação da categoria, insatisfeita com anúncio de ontem sobre reajuste em base de cálculo de combustíveis

COMPARTILHE

combustíveis
Crédito: Charles Silva Duarte / Arquivo DC

O Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustível e Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais (Sindtanque-MG) informou que deve se reunir, na próxima segunda-feira (29), com representantes do governo de Minas para retomar as negociações sobre a redução do ICMS do diesel.

O encontro vem em meio a nova ameaça de paralisação do abastecimento pela categoria, insatisfeita com o anúncio da entrada em vigor, em 1º de abril, de reajuste na base de cálculo do imposto sobre os combustíveis, conforme noticiado pelo DIÁRIO DO COMÉRCIO.

PUBLICIDADE

Em vídeo divulgado à imprensa, nesta sexta-feira, o presidente do Sindtanque-MG, Irani Gomes, revelou que foi surpreendido com a nova medida do governo estadual.

“O governador liberou ontem um aumento do PMPF (Preço Médio Ponderado a Consumidor Final). Há dez anos lutamos contra isso, para que não aumente a alíquota do diesel, mas faltou sensibilidade ao governo nesse momento tão difícil de caos dessa pandemia (…). Mediante isso, venho pedir para que o governo repense sobre essa posição”, disse Gomes.

Ele alertou que a categoria pode, a qualquer momento, paralisar o abastecimento de postos e aeroportos do Estado.

Confira o vídeo do presidente do Sindtanque-MG:

O reajuste em questão, de acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), trata-se de uma revisão periódica dos chamados preços médios de referência de combustíveis, sobre os quais é calculado o tributo.

Apesar da crítica à medida, o foco principal de reivindicação do Sinditanque-MG, e que será discutido na reunião do dia 29, continua sendo a  redução da alíquota do ICMS do diesel dos atuais 15% para 12% – percentual que vigorava até dezembro de 2011. (Com Sandra Carvalho)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!