COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5720

VENDA: R$5,5730

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5900

VENDA: R$5,7230

EURO

COMPRA: R$6,4654

VENDA: R$6,4683

OURO NY

U$1.793,01

OURO BM&F (g)

R$321,20 (g)

BOVESPA

-2,11

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Um terço da população em MG está ligado a uma cooperativa, diz Ocemg

COMPARTILHE

Crédito: Pixabay

Mesmo neste período de incertezas econômicas vividas, principalmente, por setores como o comércio e o de serviços em Minas Gerais, devido à crise pandêmica, as cooperativas têm alcançado altos voos.

Somente em 2020, as cooperativas com sede no Estado movimentaram um total de R$ 73,4 bilhões – crescimento de 20,7% em relação a 2019, quando foram registrados R$ 60,8 bilhões. As informações são do Anuário de Informações Econômicas e Sociais do Cooperativismo Mineiro.

PUBLICIDADE

Conforme dados do Sistema Ocemg, em Minas Gerais, 29,5% da população está ligada direta ou indiretamente a uma cooperativa, ou seja, 3 em cada 10 mineiros são cooperativistas.

Cooperação na cultura

Há 19 anos, a Cooperativa dos Empreendedores surgiu para ajudar artistas, produtores culturais e de eventos na coordenação, produção e criação do planejamento de seus próprios circuitos.

“A cooperativa nasceu da necessidade desses artistas, de um modo geral, que precisavam de apoio na hora da elaboração administrativa desses projetos. A partir daí surgiram as incubadoras de startups”, explica o presidente Ricardo Santos.

No período de maior crise da Covid-19, Ricardo Santos conta que a cooperativa, que já investia em prestação de serviço em formato digital, não teve muitas dificuldades durante os períodos de maiores restrições.

“Como grande parte de nossos clientes já tinham o hábito dessa assistência on-line, não tivemos dificuldade de continuar nossos serviços assim. Muito pelo contrário, prestamos assistência para outras cooperativas que tiveram que modificar o modo de atendimento”, afirma Ricardo Santos.

De acordo com Santos, apesar da crise econômica, a cooperativa contabiliza bons resultados. “Apenas neste ano, tivemos um aumento de 40% no faturamento. Em números chegamos a valores de R$ 1 milhão por exercício. Nossa expectativa para 2022 é aumentar em quatro vezes esse faturamento”, avalia.

Essa expectativa de crescimento é esperada para grande parte das cooperativas mineiras, segundo análise do presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato. Mesmo com as transformações causadas pela crise pandêmica, ele acredita que os sete ramos do segmento contribuem positivamente para a economia mineira.

“Esperamos a manutenção do ritmo de crescimento do setor cooperativista em Minas. Lembrando que o maior risco é o desafio político. As reformas tributárias, administrativa e política, bem como a responsabilidade fiscal, são os pilares necessários para que o País consiga manter um ambiente econômico saudável e propício para a atividade econômica. Esperamos também o recuo da pandemia e consequente melhora da qualidade de vida, com a vacinação em massa da população. E nunca devemos esquecer de que a vacina universal é a educação”, salienta Ronaldo Scucato.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!