Crédito: Arquivo DC

E como não poderia deixar de ser, as comemorações do 88º aniversário do Diário do Comércio incluirão a entrega do Prêmio José Costa – que chega a sua sétima edição, reconhecendo aqueles que fazem a diferença para o desenvolvimento de Minas Gerais. Em 2020, o evento amplia as possibilidades e alcance, uma vez que será 100% digital.

Para a presidente do DC, Adriana Muls, tanto a plataforma digital quanto as premissas do prêmio, reforçam o objetivo do Diário do Comércio em ser referência em jornalismo econômico inovador, propositivo e socialmente responsável para o fortalecimento da economia mineira.

Adriana Muls completou que o momento atual pede reflexões e ações de toda a sociedade para a construção de um novo modelo econômico e social. Por isso, segundo ela, o Prêmio José Costa faz um chamamento para a responsabilidade com a vida e com as escolhas. “É um convite para a articulação e construção conjunta do futuro que queremos. Uma união intersetorial para o fortalecimento e resgate do protagonismo de Minas, sem deixar ninguém para trás”, defendeu.

O Prêmio José Costa 2020 será realizado nos dias 28 e 29 de outubro e contará com a participação de representantes de diferentes setores, empresários, academia, ONGs, políticos, formadores de opinião e a sociedade em geral. As categorias levarão em conta os eixos estruturantes do Movimento Minas 2032.

“Assim como desde a primeira edição, em 2007, nosso intuito é reconhecer ações de iniciativas privadas, públicas ou de indivíduos. Além disso, como de costume, promover uma discussão ampla e conjunta que favoreça um novo e responsável ambiente de negócios em Minas Gerais”, concluiu.

Linha do tempo

2007 – Criação do Prêmio José Costa em parceria com a Fundação Dom Cabral
2009 – Realização da 2ª edição
2011 – Ampliação do formato e dos objetivos do projeto. Criação do Comitê de Avaliação. Realização do painel “Competitividade Responsável” e o envolvimento do Núcleo Petrobras de sustentabilidade
2013 – Inovar para Transformar – ações e desafios para novos modelos de negócios, antecipando discussões acerca dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e da Liderança Globalmente Responsável da ONU.
2015 – Construção para uma nação sustentável, continuação e validação das discussões acerca dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e da Liderança Globalmente Responsável da ONU.
2017 – Lançamento do Movimento Minas 2032 e a chegada de novas marcas apoiando o movimento.