COTAÇÃO DE 17/06/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,0220

VENDA: R$5,0220

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,0600

VENDA: R$5,2030

EURO

COMPRA: R$5,9965

VENDA: R$5,9993

OURO NY

U$1.773,32

OURO BM&F (g)

R$287,07 (g)

BOVESPA

-0,93

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Direto da Redação Gestão

Empresários discutem tendências sustentáveis no pós-Covid

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação

A pesquisa Estratégias Empresariais para a Sustentabilidade no Brasil realizada pela UniEthos com 250 companhias nacionais, de todos os tamanhos, descobriu que 69% das empresas brasileiras reconhecem que a inserção da sustentabilidade no planejamento estratégico é uma necessidade.

Para o diretor comercial do Grupo Scapini, Lucas Scapini, os recursos de sustentabilidade da empresa também podem mudar ativamente a sua imagem perante os consumidores.

PUBLICIDADE

“Com o aumento dos problemas ambientais nas últimas décadas, os consumidores estão cada vez mais conscientes da importância de proteger o meio ambiente e buscam cada vez mais produtos e serviços de empresas sustentáveis”, aponta.

De acordo com o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) de 2018, 98% das empresas buscam incorporar aspectos de sustentabilidade nas metas de desempenho dos funcionários e 2% das corporações não possuem aderência ao movimento.

“Ser sustentável não é apenas uma referência ao cuidado com o meio ambiente. É, sim, uma cultura organizacional que precisa ser adquirida por todas as companhias. Ser sustentável é ser recíproco com a sociedade e com a microeconomia que está em volta das empresas e com seus parceiros e fornecedores. É ter sustentabilidade financeira do negócio, é economia colaborativa. […] Esta é a importância do tema atualmente”, pontua o COO da GVM Solutions, Felipe Medeiros, sobre a necessidade de o termo fazer parte de uma cultura.

O pós-covid e as transportadoras sustentáveis – Durante a pandemia, existiram grandes dificuldades no enfrentamento ao vírus e um grande equilíbrio dos ecossistemas naturais com o isolamento social. Segundo dados do site Polen, 85% dos brasileiros desejam ver a proteção do meio ambiente como prioridade na retomada.

Não é diferente no transporte de cargas: uma grande movimentação das transportadoras por meios e produtos sustentáveis mostra uma preocupação dos colaboradores e dos gestores acerca desse assunto.

“O Grupo Scapini atua fortemente nessa questão. Em nosso meio, uma estratégia é fundamental para esse elo: a logística reversa, responsável pela coleta e reciclagem dos produtos e de seus resíduos após o consumo do cliente final, sendo uma obrigação legal para as empresas e essencial para a redução da poluição e seus respectivos impactos na saúde humana e no meio ambiente”, indica Lucas.

“Aqui na Ouro Negro Transportes levamos a questão ambiental como cultural no nosso modelo de conduta. Contamos com algumas ações sustentáveis como o reaproveitamento de água da chuva, coleta seletiva, descarte correto de matérias, sensores fotocélula, entre outros”, conta a diretora da Ouro Negro Transportes, Priscila Zanette, sobre as principais medidas tomadas em sua empresa.

Na GVM Solutions, a mudança vem diretamente dos caminhões. “A GVM possui várias ações e projetos voltados à sustentabilidade. Operamos com frota própria 100% dentro das normas do PROCONVE P7 e do EURO 5, com diesel S10 e apoio dos sistemas EGR e SCR (Arla 32), cuja redução de enxofre é de até 98%”, relata Felipe.

A sustentabilidade e o futuro – A Amazônia tem a maior quantidade de micro-organismos do mundo, e o modo como afetamos esse ambiente poderia desencadear um surto global, como ocorreu anteriormente no caso da leishmaniose. Outra pesquisa realizada pelo Fórum Econômico Mundial conta que 31% dos 12.012 surtos de doenças em todo mundo entre os anos de 1980 e 2013 estão ligados diretamente a ambientes que foram devastados.

Para Lucas, o termo vai além das corporações: faz parte do futuro. “Escolher ser sustentável influencia não somente a sua empresa, mas o seu modo de vida e a vida das gerações futuras. A consciência sobre o meio em que vivemos deve ser intrínseca aos valores da companhia para juntos construirmos novas pontes entre a vida profissional e a preservação do meio ambiente”, completa.

“Minha preocupação, que acredito que deveria ser de todos, é com o futuro do planeta. Que mundo que desejamos deixar para nossos filhos e netos? Dizem que o verdadeiro significado da vida é percebido quando entendemos que hoje devemos plantar uma árvore mesmo sabendo que nunca nos sentaremos à sombra dela”, reflete Felipe.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!