COTAÇÃO DE 19/04/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5500

VENDA: R$5,5510

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5400

VENDA: R$5,7130

EURO

COMPRA: R$6,7043

VENDA: R$6,7067

OURO NY

U$1.771,25

OURO BM&F (g)

R$317,44 (g)

BOVESPA

317,44

POUPANÇA

0,1590%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Gestão

Evento apresenta estratégias de gestão inspiradoras

COMPARTILHE

Crédito: Freepik

O 9º Ciclo do Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas – PDGC 2021 foi lançado na quarta-feira (24), em um evento on-line promovido pelo Sistema Ocemg [formado pelo Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Minas Gerais (Sescoop-MG)].

O objetivo era apresentar modelos inspiradores de estratégias de gestão e governança, considerando principalmente o contexto de inovação tecnológica e a necessidade das instituições se adaptarem ao novo acelerado pela pandemia.

PUBLICIDADE

Logo na abertura, o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, destacou os resultados das cooperativas durante a crise causada pela pandemia de Covid-19 ao longo de 2020 e a importância do modelo para a recuperação econômica do País, inclusive, no que diz respeito à pressão para a construção de uma política pública responsável e eficiente de vacinação e combate à doença.

“Neste momento, precisamos ainda mais de gestão e governança nas cooperativas. O País parou em 2020 e o cooperativismo andou com eficiência. O agro não parou. As cooperativas de transporte de carga entregaram, abasteceram o País. As cooperativas de crédito atenderam às micro, pequenas e médias empresas de forma mais eficiente do que o mercado financeiro tradicional, com juros menores e facilidade na liberação de recursos. Na saúde, as cooperativas médicas, de enfermeiros, fisioterapeutas e outros profissionais se mantiveram na frente do risco. Agora, os cooperativistas autênticos têm que empunhar a bandeira da indignação contra a autoridade constituída do País, temos que exigir a vacinação. Precisamos nos indignar. É preciso valorizar e respeitar a vida”, conclamou Scucato.

Scucato: é preciso valorizar e respeitar a vida | Crédito:Jonas Bitter

A adesão das cooperativas mineiras ao PDGC – cerca de um terço do total de participantes – ao longo dos anos foi saudada pelo presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas.

“Queremos que o PDGC seja uma trilha de aprendizagem que não acaba nunca. É um processo muito complexo. O PDGC foi desenvolvido para tratar com gente. O cooperativismo é feito por gente, pessoas que mudam. Minas é um resumo do Brasil. Quando Minas dá o exemplo isso se propaga para o Brasil todo”, pontuou Freitas.

Como não poderia deixar de ser, a pandemia permeou as discussões do evento. Impactadas de maneira inédita, muitas empresas ao longo de 2020 tiveram muitas dificuldades com a tomada de decisões. Os dois primeiros palestrantes trataram do tema.

Determinação

De acordo com o ex-presidente da Cooperativa da Construção Civil do Estado do Ceará (CooperconCE), João Lima, a pior decisão é não tomar nenhuma decisão nos momentos críticos.

O empresário cearense fez uma volta ao mundo de veleiro e enfrentou uma grande tempestade na costa da Austrália, que colocou em risco sua esposa e duas filhas. Eles enfrentaram ventos de 130k/h e ondas com mais de cinco metros de altura por 24 horas.

“Quando vem o imprevisto, vem a dúvida. Imagine o quanto há de dúvida nesse momento de pandemia. Não sabemos quando vai acabar, se vamos ser contaminados, qual será a próxima mutação do vírus. Continuamos todos em risco. Aceitar a dor foi importante para mim durante a tempestade. Por que sobrevivi? O meu preparo, onde escolhi fazer o curso de navegação com os melhores profissionais. Foi esse preparo que me condicionou a tomar as decisões corretas. Eu já estava há cinco anos no mar, conhecia o barco intimamente. O profissionalismo das equipes de socorro da Austrália. Tudo isso além do controle emocional e da fé. E, claro, vontade viver. A decisão que me fez viver foi morrer lutando”, exemplificou Lima.

Cultura Ágil

O ex-gerente-geral da Cabify, Cláudio Azevedo, falou sobre a necessidade da construção de uma cultura ágil pelas empresas que pretendem continuar competitivas em um mundo impactado pela pandemia, em que o todo o tempo disponível deve ser bem utilizado para a geração de valor para o consumidor.

“Quando pensamos em gestão temos a tendência de tentar encaixar a realidade na nossa forma de fazer. Devemos perguntar se as metodologias que rodamos ainda estão aptas a lidar com essa nova realidade. O mundo que temos hoje é de incertezas. Não sabemos o que vai acontecer amanhã. Muitos processos que rodamos são um conjunto de controles que se parecem muito com a era industrial, mas estamos na era digital. O mundo é muito menos controlado e controlável que antes. Os dados são muito mais aptos a nos dizer o caminho correto do que a experiência de uma só pessoa. As empresas que não estão trabalhando assim já estão defasadas”, defendeu Azevedo.

O mundo hoje é de incertezas, diz Azevedo | Crédito: Divulgação

Na segunda parte do evento, o técnico de voleibol Bernardo Rezende – o Bernardinho – falou sobre o papel da liderança para a construção de times vencedores nas quadras e no mundo dos negócios. Segundo o campeão olímpico, todo líder precisa saber motivar seu time e para que isso aconteça é importante conhecer os membros da equipe. Sabendo disso, dois pilares suportam a motivação: a paixão e a necessidade.

“Empreender é um esporte coletivo. Há uma interdependência diária. A minha indústria – o vôlei – é desenvolver gente. Quanto mais capacitadas forem as pessoas, melhores as condições de resultados positivos. Quando jovem eu achava que seria capaz de motivar a todos. Mas a motivação vem de dentro. Os pilares, para mim, são a paixão pelo que se faz. Ela nos torna mais perseverantes. E a necessidade. Ela gera a liderança pelo exemplo. E o líder é o guardião dos valores, aquilo que não é negociável”, completou Bernardinho.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!