COTAÇÃO DE 27/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,3780

VENDA: R$5,3790

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3130

VENDA: R$5,5370

EURO

COMPRA: R$6,2562

VENDA: R$6,2591

OURO NY

U$1.750,16

OURO BM&F (g)

R$300,91 (g)

BOVESPA

+0,27

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Gestão

Maioria dos profissionais com mais de 40 anos já sofreu preconceito

COMPARTILHE

Crédito: Freepik

Como se já não fosse o suficiente o índice de 14,3 milhões de brasileiros desempregados, uma pesquisa inédita feita pelo InfoJobs, empresa de tecnologias para recrutamento, mostrou que 70,4% dos profissionais com mais de 40 anos revelam já ter sofrido preconceito no mercado de trabalho por conta da discriminação de sua idade. O levantamento foi feito em abril e ouviu 4.588 profissionais.

Na percepção de 78,5% dos respondentes, o mercado não dá as mesmas chances para profissionais 40+, quando comparado com os mais jovens. Ainda segundo o levantamento, 27,1% acreditam que é preciso estar mais atualizado para competir com as novas gerações e 68,4% alegam que muitas vezes nem isso é suficiente para garantir um emprego.

PUBLICIDADE

Outro dado que chama atenção é que 61,1% dos profissionais afirmam que o principal desafio profissional é a falta de oportunidade de trabalho, enquanto outras dificuldades não chegam a 15% das respostas. “Isso realmente acontece, há menos oportunidades para profissionais mais experientes. É quase como um funil, as opções para cargos iniciais são muito numerosas, enquanto para cargos mais seniores, são cada vez menores. Fora que quanto mais experiência você tem, você é mais caro para uma empresa”, afirma a Country Manager do InfoJobs, Ana Paula Prado.

Questionados sobre o que falta para as empresas contratarem profissionais com 40+, 56,2% acreditam que falta reconhecerem o potencial das contratações 40+, enquanto, 30,4% responderam que é necessário romper com preconceitos internos para impulsionar essas contratações. Apenas 12,8% das empresas possuem mais de 50% de funcionários com mais de 40 anos.

Além disso, 99,2% dos perfis de liderança respondentes da pesquisa acreditam que profissionais com mais de 40 anos agregam no ambiente de trabalho. “O que acontece é que mesmo sabendo que esses profissionais vão agregar no dia a dia, muitos recrutadores, e até mesmo empresas, ainda têm em mente que pessoas mais velhas não são mentalmente ágeis, não lidam bem com mudanças e não têm energia – conceitos que estão totalmente ultrapassados e devem ser ressignificados”, completa Ana Paula Prado.

Por fim, questionados sobre como podem se destacar no mercado de trabalho, 25,9% responderam que comprometimento é a chave, seguido por maior tempo de experiência e capacidade de adaptação, ambas com 18.1%.

“Fazendo essa pesquisa, notamos como o tema ainda é um tabu para muitas pessoas e tivemos ainda mais a certeza de que devemos falar sobre ele. Pensando nisso, o InfoJobs lançou uma webserie com 4 episódios que conta com a participação de algumas empresas e reflexões sobre o mercado de trabalho para os profissionais com mais de 40 anos. Nosso maior objetivo é promover impacto positivo nos profissionais 40+ e na sociedade como um todo”, conclui a Country Manager. O primeiro episódio da websérie pode ser conferido no canal do InfoJobs.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!