COTAÇÃO DE 26/07/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,1740

VENDA: R$5,1740

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,1630

VENDA: R$5,3400

EURO

COMPRA: R$6,1233

VENDA: R$6,1261

OURO NY

U$1.797,46

OURO BM&F (g)

R$299,92 (g)

BOVESPA

+0,76

POUPANÇA

0,2446%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Gestão

Transformar dados em conhecimento resulta em competitividade

COMPARTILHE

André Franco | Crédito: Divulgação
André Franco | Crédito: Divulgação

Por mais que todos saibam que a informação é um dos ativos mais importantes dentro de qualquer empresa, nem todas conseguem transformar os dados disponíveis em diferentes níveis em conhecimento e, a partir deles, engajar equipes e gerar diferencial competitivo.

De acordo com a pesquisa “Tendências globais de capital humano 2020”, realizada pela Deloitte, as organizações devem buscar novas formas para encontrarem métricas relevantes e acionáveis, por meio de ferramentas de people analytics, que possam basear decisões sobre riscos e oportunidades críticas de capital humano, mesmo diante de incertezas sobre o futuro, a força e o local de trabalho.

PUBLICIDADE

Para o CEO do Dialog.ci – aplicativo de comunicação interna e RH -, André Franco, organizações que não usam dados e análises para gerenciar seus talentos correm o risco de perderem vantagem competitiva. O app funciona como um hub para o colaborador. Por meio das métricas apuradas é possível detectar e analisar mudanças e tendências internas e externas. Além disso, possibilitam que os líderes e gestores tenham perspectivas e planejamento para anteciparem e enfrentarem os desafios do ambiente corporativo que estão em constante transformação.

“O principal da tecnologia é automatizar o processo desde a coleta dos dados até a entrega da análise para o gestor. A tecnologia vem para consolidar e tratar um volume muito grande de dados. Hoje já existe inteligência artificial oferecida como serviço para esse fim. As empresas devem entender o que os dados querem dizer, não apenas fazer um gráfico, sendo capazes de identificar problemas e também soluções”, afirma Franco.

Segundo o empresário, mesmo as grandes empresas pecam na hora de analisar os dados disponíveis. Embora eles venham de todos os lados, geralmente, elas se dedicam a trabalhar apenas os internos, aqueles que estão mais perto do core business delas. Do outro lado, as empresas nativas digitais têm a favor a cultura da mensuração”.

“Isso está mais ligado ao perfil e cultura da empresa do que ao porte. As startups costumam medir quase tudo, então é mais fácil pra elas. Nas maiores e mais antigas é preciso envolver todo o time, a começar pela alta gestão, para promover uma mudança de cultura. A parte principal do processo é conseguir analisar e fazer pequenos ajustes constantes para ter uma evolução naquilo que você está medindo. Tentar fazer uma mudança radical de uma só vez não costuma ser bom”, analisa o CEO do Dialog.ci.

Ainda de acordo com o estudo da Deloitte, a demanda por novos insights da força de trabalho é cada vez maior e global. 97% dos entrevistados afirmaram precisar de informações adicionais sobre algum aspecto de sua força de trabalho.

Métricas – A plataforma também entrega métricas para gestores de RH e Comunicação Interna que lhes dão a visão clara do alcance, absorção e eficácia dos comunicados internos, sabendo exatamente onde precisam melhorar sua comunicação e engajamento de colaboradores.

“O app atua para que as empresas estreitem relações com os colaboradores. Resolvemos duas dores: ter um canal de comunicação que atinja todo mundo, não só o pessoal do escritório, permitindo que as pessoas interajam. Dessa forma, a empresa consegue medir se a informação chegou e se foi compreendida”, completa o empresário.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!