Crédito: Divulgação

A cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro, considerada a capital brasileira do agronegócio, terá oficialmente o primeiro hub de inovação 100% voltado para o agronegócio do Estado. Denominado Celeiro, o Centro de Referência em Empreendedorismo e Inovação para o Agronegócio fica localizado no campus da Fazu, em um espaço especialmente estruturado para receber empresas nascentes de base tecnológica com alto potencial de crescimento – as startups -, além de empresas, nacionais e internacionais e potenciais investidores.

O Celeiro será inaugurado amanhã, durante o 23º Porteira Adentro, maior evento de extensão da Fazu. O espaço, voltado para geração de negócios e desenvolvimento de soluções para o agronegócio mundial, tem a finalidade de aproximar empresas, pesquisadores, alunos, professores e produtores rurais. O Celeiro já iniciou as atividades, com mentorias e diversos encontros com empresas e startups.

Uberaba é a capital do agronegócio no Brasil, referência internacional em genética zebuína, e possui grande concentração de pessoas e profissionais com grande conhecimento em diversas áreas do agronegócio. Um hub como o Celeiro, que é o primeiro de Minas Gerais, é um ponto de encontro de todas essas pessoas, empresas e iniciativas.

“O hub irá fazer uma ponte entre as startups e especialistas e mentores de diferentes áreas, além de contribuir para a estruturação do negócio e favorecer a cultura do empreendedorismo inovador. O Celeiro terá também eventos, promovidos tanto pelos parceiros quanto pela Fazu, além de palestras, workshops, e outras atividades”, comenta uma das idealizadoras do Celeiro da Fazu, Raquel Resende.

A Fazu é reconhecida internacionalmente como uma das principais instituições de ensino superior voltada para Ciências Agrárias. Em seus quase 200 hectares estão instalados os mais diversos setores agropecuários que permitem o desenvolvimento das importantes atividades ligadas ao agronegócio. A Fazu integra a área do Parque Tecnológico, um complexo com mais de mil hectares.

“Ao longo de mais de quatro décadas, a Fazu se consolidou como um polo de ensino no Brasil e no exterior. O Celeiro vem para somar e, definitivamente, colocar a faculdade como uma importante protagonista no mundo agro 4.0, fornecendo e desenvolvendo tecnologias, agronômicas, zootécnicas e de gestão, e estruturando ainda mais a cultura do empreendedorismo inovador na instituição”, afirma o diretor acadêmico da Fazu, Carlos Henrique Cavallari Machado.

Celeiro – Além de conectar startups, empresas, produtores rurais e pesquisadores, a grandes players do agronegócio, o hub Celeiro funciona como um gerador de novos negócios que podem surgir das diversas interações que proporcionará. As empresas que desejarem participar deste ambiente poderão escolher a forma de inteiração, pois no Celeiro o objetivo é conectar demandas e ofertas tecnológicas em um só espaço.

A proximidade e o engajamento junto a um ambiente de inovação trazem como benefício a renovação da cultura da empresa, além das oportunidades de negócio. Todos os envolvidos passam ter uma mentalidade mais aberta, inovadora e empreendedora ao interagir com as startups e pesquisadores, o que é essencial para a empresa permanecer continuamente se reinventando.

Como participar? – Startups e empresas interessadas em integrar o mais novo ambiente inovador no agro, basta entrar em contato pelo telefone (34) 3318-4136 ou pelo e-mail [email protected]

1º AgroTalks – O 23º Porteira Adentro será palco do 1º AgroTalks, o primeiro evento promovido pelo Celeiro Fazu após seu lançamento oficial. O AgroTalks tem como objetivo conectar empreendedores, investidores, pesquisadores, produtores rurais e especialistas de várias áreas do mercado, em torno de conteúdos relevantes para o desenvolvimento de negócios do Agro 4.0. O AgroTalks é gratuito e aberto para comunidade, mas as vagas são limitadas. Inscreva-se através do e-mail [email protected] ou pelo telefone (34) 3318-4136.

A programação do AgroTalks será realizada na Sede do Celeiro, a partir das 9h30, com uma mostra de startups do agronegócio e café de boas-vindas. O 1º AgroTalks contará com os seguintes momentos: Talk 1 – “Dos Desafios de empreender no Agro 4.0”, com o moderador Alexandre Borges, fundador da Grão Direto. Talk 2 – “O Agro 4.0, Da ideia ao mercado”, com o moderador Christian Pensa, fundador da Criabiz. Após o horário de almoço, às 14h, o 1º AgroTalks recebe os seguintes workshops: “Workshop de Validação de Startups”, com Christian Pensa, da Criabiz. “Workshop de Design Thinking”, com Camila Angélica, da AgroComunidade. “Workshop de Pitch”, com Cássia Cristina, da FCJ Participações.