Pelo segundo ano, a Anatel divulga a classificação de acessibilidade das prestadoras de serviços de telecomunicações segundo as ações por elas promovidas | Crédito: Divulgação

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou nesta terça-feira (31), o Prêmio Anatel de Acessibilidade em Telecomunicações 2020, que visa à melhoria do atendimento às pessoas com deficiência.

A Claro foi a empresa melhor colocada no Ranking da Acessibilidade. Entre as ações que deram a liderança à operadora estão a adaptação do site às pessoas com deficiência, inclusive com o uso de aplicações de tradução Português – Libras; as lojas acessíveis com: piso tátil, senhas sonoras, rampas com corrimão, atendimento prioritário; e o atendimento em Libras nas lojas por meio da Central de Intermediação de Comunicação (CIC).

O Ranking de Acessibilidade está previsto no Regulamento Geral de Acessibilidade – RGA (Resolução nº 667/2016) e é resultado de diversas fiscalizações realizadas pela Anatel em 2019.

Para a classificação, foram avaliados os indicadores:

  • Acessibilidade na Página da Internet (API)
  • Atendimento especializado nos Setores de Atendimento no estabelecimento (ASA)
  • Eficiência dos mecanismos de interação via mensagem eletrônica, webchat e videochamada nos canais de atendimento remoto para pessoas com deficiência (ERA)
  • Ações Voluntárias que incentivem/divulguem/assegurem os direitos das pessoas com deficiência (AVI)

As cinco maiores prestadoras – Claro, Oi, SKY, VIVO e TIM – foram fiscalizadas. A Algar, Prestadora de Pequeno Porte, participou do Ranking de forma voluntária.

A primeira posição ficou com a Claro, seguida por SKY, Vivo, Tim, Oi e Algar.