COTAÇÃO DE 14/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2710

VENDA: R$5,2710

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2700

VENDA: R$5,4330

EURO

COMPRA: R$6,3961

VENDA: R$6,3990

OURO NY

U$1.843,90

OURO BM&F (g)

R$311,62 (g)

BOVESPA

+0,97

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

livre Negócios Negócios-destaque

Grupo Soma solicita registro para oferta inicial de ações

COMPARTILHE

Crédito: Reprodução/Site Grupo Soma

São Paulo – O Grupo de Moda Soma pediu na sexta-feira (28) registro para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), desafiando a turbulência recente do mercado financeiro provocada pela disseminação global do coronavírus.

A companhia, que se apresenta como a maior plataforma de moda do País, com 221 lojas de produtos para as classes A e B, a maioria em shopping centers. A Soma é dona de marcas como Animale, Cris Barros e A.Brand, para público feminino; Fábula, para crianças; e Foxton, para homens.

PUBLICIDADE

A empresa teve em 2019 receita líquida de R$ 1,3 bilhão, alta de 20,5% sobre o ano anterior, enquanto seu lucro líquido deu um salto de 48%, para R$ 127 milhões.

A oferta amplia a fila de empresas se preparando para listagem na bolsa paulista, mas é a primeira a se tornar pública após a derrocada das ações no mundo inteiro, diante do crescente temor de prejuízos da epidemia originada na China sobre a economia mundial. O Ibovespa, principal índice acionário brasileiro, já caiu mais de 10% em três sessões.

O IPO do Grupo Soma, que envolve ofertas primária e secundária de ações, será coordenado por Itaú BBA, JPMorgan, Bank of America e XP Investimentos.

A companhia, cuja primeira marca, Animale, foi criada em 1991, cresceu apoiada em um ciclo de aquisições. No prospecto preliminar da oferta, a Soma afirma que pretende usar o que captar com a oferta primária – ações novas, cujos recursos vão para o caixa – para abrir mais lojas e comprar mais marcas, além de pagar dividendos e dívidas.

A oferta secundária – de papéis detidos por atuais sócios – terá quase 40 vendedores.
Se levar adiante os planos de listagem, a Soma terá na B3 concorrentes setoriais incluindo Cia Hering, Lojas Renner, Guararapes e Restoque. (Reuters)

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!