O Instituto do Coração está ampliando a atuação em BH com a inauguração da 3ª unidade dentro do Lifecenter - Crédito: Assessoria de Com.e Mkt.

O Instituto do Coração está ampliando a atuação em Belo Horizonte com a inauguração da terceira unidade dentro do Hospital Lifecenter, localizado no bairro Funcionários, região Centro-Sul da Capital.

Com mais 200 metros quadrados, a nova operação recebeu investimento de R$ 2 milhões e vai aumentar em 40% o número de consultas e em 70% o número de exames realizados pelo Instituto. A empesa também planeja a inauguração de outras duas clínicas em 2020.

Como o próprio nome indica, o Instituto do Coração é referência na área de consulta e exames de cardiologia, mas as clínicas também oferecem serviços em outras 24 especialidades, como ortopedia, dermatologia, angiologia, psiquiatria, entre outras. O diretor Financeiro e de Marketing do Instituto, Felipe Prado, explica que as duas clínicas que existiam até então dentro do Lifecenter ficaram pequenas para a demanda.

“Cada uma delas tem cerca de 100 metros quadrados e passaram a não suportar a demanda de pacientes, que triplicou nos últimos dois anos. Resolvemos abrir essa terceira unidade para conseguirmos atender a todos com conforto”, explica.

Segundo ele, com a terceira unidade, que também fica no Lifecenter, o Instituto do Coração passará de 520 atendimentos/consultas/mês para 750 atendimentos/consultas/mês. Já os exames passarão dos atuais 650 mensais para 1.100 por mês. Só para a nova operação serão contratados 42 médicos, totalizando 100 nas três unidades.

Prado explica que o posicionamento das clínicas nas dependências do Lifecenter é estratégico, pois as empresas têm uma parceria de longo prazo e muito vantajosa para os dois lados. “Para nós, é interessante estar em um hospital de referência em Belo Horizonte e ter à disposição toda a estrutura dele, em caso de alguma intercorrência grave com algum dos nossos pacientes. Por outro lado, o hospital também utiliza alguns dos nossos serviços, de forma que temos uma relação de ajuda mútua”, diz.

O diretor lembra, ainda, que o custo de implantação dentro hospital é muito menor, uma vez que o espaço já cumpre as normas de regulamentação do setor. Como o espaço é alugado, ele explica que os R$ 2 milhões de investimento na nova unidade foi aplicado, principalmente, em equipamentos e tecnologia de ponta para a realização dos exames.

Entre as novidades que essa nova operação traz estão alguns procedimentos inovadores na área ortopédica, além do ecodopplercardiograma sob estresse físico, exame que avalia os riscos de infarto por meio de análises como o entupimento artérias coronárias. A clínica oferece mais de 10 exames diferentes de alta tecnologia e atende tanto particular como por convênios.

Prado afirma que o Instituto também tem interesse em expandir para além das dependências do Lifecenter. A expectativa é inaugurar duas clínicas no ano que vem, sendo uma no bairro Lourdes, na região Centro-Sul, e outra no Santa Efigênia, na região Leste da Capital.