COTAÇÃO DE 23 A 25/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,6750

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

exclusivo Negócios zCapa

RMBH terá fábrica de painéis de energia solar

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação

Com a homologação do aeroporto-indústria de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), a Amerisolar Brasil, joint venture entre a Nova Renováveis e a chinesa Amerisolar, entrará, nos próximos meses, em sua segunda fase de operação. Instalada desde o início do ano no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, a multinacional que, até então, apenas importava e comercializava equipamentos de energia solar, passará agora a produzi-los em território mineiro.

De acordo com o CEO da Amerisolar Brasil, Gustavo Henrique de Almeida, a parceria firmada com o aeroporto-indústria de Confins e a certificação do aeródromo pela Receita Federal como primeiro equipamento do tipo do Brasil, foram fundamentais para o avanço das etapas de operacionalização da empresa. Embora não tenha revelado os aportes para a instalação na RMBH, o executivo revelou que a mineira será a maior produtora de equipamentos de energia solar do País.

PUBLICIDADE

“Basta ver o tamanho da Amerisolar no mundo. Ela está entre as top 10 em energia solar da China. Para se ter uma ideia, a capacidade instalada de energia fotovoltaica no Brasil representa metade da produção anual da fábrica da Amerisolar naquele país”, ressaltou.

Capilaridade – Ainda conforme ele, a empresa, que já possui seis unidades ao redor do mundo, quer alavancar a produção nacional dos equipamentos e valorizar ainda mais o segmento no Brasil, dado o potencial do setor nacional. Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o Brasil possui 30% mais eficiência em produção de energia solar que a Alemanha, país considerado o principal produtor em energia limpa do mundo.

“Seremos a sétima fábrica da empresa, que já possui unidades na China e Austrália. Vai ser a primeira fábrica com produção massiva de painéis para o mercado nacional e com exportação para os Estados Unidos”, revelou.

A instalação e operação no aeroporto-indústria vai possibilitar que a empresa importe o material e o utilize em uma área isenta de tributos, influenciando diretamente no custo final.

A produção está prevista para ser iniciada no fim de junho e a previsão é de que cerca de 30 mil painéis sejam fabricados por mês. Conforme Almeida, com contratos vigentes e novas captações, a empresa já tem elevada demanda tanto para comercialização no mercado nacional quanto para exportações. “A ideia é faturarmos R$ 100 milhões apenas neste primeiro ano de atuação”, revelou.

Ao lado da Clamper (especializada em dispositivos elétricos), a Amerisolar Brasil foi a segunda empresa a se instalar no entreposto aduaneiro, que começou a ser desenhado pelo governo de Minas Gerais ainda no início dos anos 2000.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que até meados de 2014 era a única administradora do terminal de Confins, tentou licitar as áreas para indústrias, mas não obteve sucesso. Após assumir a concessão, a BH Aiport fez algumas alterações no projeto e, enfim, conseguiu tirá-lo do papel.

Conforme já publicado, o funcionamento do aeroporto-indústria promete elevar a participação do transporte de cargas nas receitas da concessionária dos atuais 10% para aproximadamente 40% e atrair investimentos da ordem de R$ 1,5 bilhão para Minas Gerais, por meio da atração de empresas de alto valor agregado para a área alfandegada do aeroporto nos próximos anos.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!