COTAÇÃO DE 04/03/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6572

VENDA: R$5,6582

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5600

VENDA: R$5,8300

EURO

COMPRA: R$6,7415

VENDA: R$6,7445

OURO NY

U$1.698,79

OURO BM&F (g)

R$309,40 (g)

BOVESPA

+1,35

POUPANÇA

0,1159%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

S&P eleva rating do Banco Mercantil

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A agência internacional de avaliação de risco S&P Global Ratings elevou, na segunda-feira (11), na escala nacional Brasil, o rating de crédito de emissor de longo prazo atribuído ao Banco Mercantil do Brasil S.A., de ‘brBBB-’ para ‘brBBB’. A perspectiva do rating é estável.

“A nova classificação é consequência de diversas medidas adotadas para dar continuidade à estratégia de crescimento do banco. Entre elas, melhoria das receitas, diminuição das despesas e execução de projetos que garantem o foco no cliente, como a abertura de agências e investimento constante em tecnologia. A conquista reflete o bom desempenho do banco em 2018, que teve um salto significativo de 63% no resultado operacional, sendo que o lucro antes da tributação quase que dobrou no ano passado, se comparado com 2017”, informa a instituição, em nota.

PUBLICIDADE

De acordo com a agência S&P Global Ratings, o índice de capital de nível I do BMB aumentou e atingiu cerca de 10,34% em dezembro de 2018, principalmente pela injeção de capital de R$ 60 milhões aprovada pelo regulador no segundo semestre.

Ponto que merece destaque e que teve impacto direto no aumento do resultado operacional foi a queda de todas as despesas. As despesas de provisão, por exemplo, caíram 20% em 2018, em função do trabalho minucioso do banco na seletividade para a concessão de crédito, o que levou à curva da inadimplência a um patamar regular.

A despesa administrativa caiu 15% em 2018, mesmo com o avanço da expansão da capacidade de atendimento com a abertura de novos pontos de atendimento no interior de São Paulo. “Esse resultado espelha a eficiência do Mercantil do Brasil na otimização e melhoria de processos internos e no investimento em inovações tecnológicas, como o Domo Digital, um espaço onde a equipe de TI do MB trabalha lado a lado com startups para acelerar e modernizar processos, produtos, serviços e canais de atendimento”, comenta o diretor Executivo Financeiro, Gustavo Araújo.

O lucro líquido do banco atingiu R$ 53 milhões no ano passado, um crescimento de 103% no comparativo com 2017. cerca de 2,3 milhões.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

VEJA TAMBÉM

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!

FIQUE POR DENTRO DE TUDO !

Não saia antes de se cadastrar e receber nosso conteúdo por e-mail diariamente