Crédito: Filó alves

Simone Las Casas*

Investimentos em tecnologia, foco no relacionamento com o cliente e a informatização do setor são algumas das estratégias responsáveis por driblar a alta nos preços da construção civil e possibilitar uma recuperação acelerada em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Índice de Confiança do Empresário da Construção subiu 7,7 pontos entre julho e agosto, ultrapassando a marca que indica o início de um cenário confiante. A disposição para investir também aumentou. Neste aspecto, o índice alcançou 39,5 pontos e remeteu aos níveis pré-pandemia, época na qual registrava valores superiores a 40.

Os resultados positivos são animadores para profissionais da área que se mostra como um dos pilares para o desenvolvimento socioeconômico do país –  responsável por cerca de 7% do PIB brasileiro e pela geração de milhares de empregos anualmente. Mais do que apenas garantir a sobrevivência do setor durante a crise, a rápida adoção de medidas de contenção foi capaz de proporcionar resultados ainda superiores ao mesmo período do ano anterior.

Um dos maiores aprendizados que a pandemia trouxe para a construção civil foi o da importância do investimento em tecnologia e comunicação. Por meio do big data, por exemplo, é possível mapear obras e identificar qual região está mais aquecida e qual é o produto mais procurado para ajustar os estoques e controlar a inflação.

Entre as medidas preventivas que possibilitaram a continuidade das obras estão a adoção do distanciamento social e o uso de equipamentos de proteção, como a máscara. A rápida recuperação também se deve à adesão de práticas sustentáveis. Além de minimizar os grandes impactos ambientais, essas alternativas são importantes para a redução de gastos e aumento da produtividade, não só na construção civil, mas em diversos segmentos.

Afinal, pensar em novas maneiras de oferecer serviços e produtos é essencial, especialmente, quando as necessidades e o perfil de consumidor estão em constante mudança. “Entre as novas apostas, a lean construction chama a atenção pela capacidade de aumentar a produtividade, enquanto evita desperdícios de matéria-prima, tempo e dinheiro O mais importante, porém, são as inúmeras vantagens que essa técnica proporciona ao meio ambiente, um fato que merece ainda mais destaque no contexto atual.

*Diretora da empresa de revestimentos sustentáveis Ecogranito