COTAÇÃO DE 07/12/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6890

VENDA: R$5,6900

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,7130

VENDA: R$5,6900

EURO

COMPRA: R$6,4094

VENDA: R$6,4123

OURO NY

U$1.779,64

OURO BM&F (g)

R$325,16 (g)

BOVESPA

+1,70

POUPANÇA

0,4572%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Opinião

Ferramentas para garantir previsibilidade ao setor automotivo

COMPARTILHE

Foto: Juca Varella/FCA

O Brasil atravessa um momento de arrefecimento da pandemia, com o avanço da vacinação da população e a consequente redução do número de casos graves e vítimas fatais da Covid-19. Com isso, algumas medidas restritivas foram flexibilizadas e já é possível perceber um processo de retomada das atividades. Diante dessa nova realidade, não está descartada a possibilidade de que o controle da pandemia esteja próximo. Contudo, não há como negar que a crise provocou a deterioração do cenário macroeconômico e acende um alerta sobre as perspectivas para o País para 2022, cujo PIB (Produto Interno Bruto) não deve atingir 1%, segundo estimativas de especialistas.

Diante deste panorama complexo, aqueles que conseguirem identificar movimentos e antecipar tendências, com o intuito de garantir certo grau de previsibilidade ao ambiente de negócios, estarão um passo à frente nas tomadas de decisão. Na indústria automobilística, assim como em outros setores estratégicos da economia nacional duramente afetados pela pandemia, por exemplo, a capacidade de antever cenários está intimamente associada a soluções de inteligência de dados.

PUBLICIDADE

Uma pesquisa elaborada recentemente pela OLX sobre tendências do consumidor no contexto da mobilidade urbana, revelou que, quatro em cada dez consumidores consultados admitiram que pretendem comprar um automóvel nos próximos seis meses. Entre estes, os entrevistados pertencentes às gerações Baby Boomers (nascidos entre 1946 e 1964) e X (nascidos entre 1965 e 1980) demonstraram maior interesse na aquisição de carros seminovos, com 16% do total; em comparação às gerações mais jovens Millennials (de 1981 a 1996) e Z (de 1997 a 2010), com 6%. O estudo revelou ainda que os pesquisados residentes das capitais são os mais indecisos quanto ao tipo de automóvel que pretendem adquirir. Aproximadamente 14% declararam não ter decidido, enquanto, em outros municípios, a taxa é de 7%.

Estas informações constam do Data OLX Autos, uma ferramenta de inteligência de dados desenvolvida pela plataforma, focada na análise de informações para o ecossistema automotivo, e que utiliza dados produzidos por cerca de 23 milhões de usuários que acessam a OLX todos os meses. A procura por um determinado modelo ou tipo de automóvel na plataforma, ou ainda a variação de preços apresentada por veículos de uma marca em uma determinada região do País, por exemplo, podem ser indicadores importantes de direções a serem tomadas pelo mercado em um futuro tangível.

De acordo com a análise dos dados apurados, a produção de automóveis no País deve seguir fortemente impactada pela pandemia. Por outro lado, a escassez de automóveis zero-quilômetro está sendo parcialmente compensada pelo mercado de usados, ainda que com forte valorização dos preços. Embora se perceba um engajamento pela normalização do setor, ao que tudo indica, ela deve demorar um pouco para acontecer. O controle da pandemia e a retomada das atividades vêm aquecendo a economia, mas a piora dos índices inflacionários e a elevação das taxas de juros podem comprometer o crescimento em 2022. O agravamento do desemprego, a redução do poder de compra das famílias e a elevação do endividamento serão aspectos relevantes a serem considerados na dinâmica do mercado automotivo para o ano que vem.

 

*Vice-presidente de Autos e Comercial da OLX. Tem mais de 20 anos de carreira e ampla experiência no mundo digital e na indústria automotiva
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!