COTAÇÃO DE 26/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,6270

VENDA: R$5,6270

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,6730

VENDA: R$5,8030

EURO

COMPRA: R$6,6420

VENDA: R$6,6450

OURO NY

U$1.792,47

OURO BM&F (g)

R$327,87 (g)

BOVESPA

-1,34

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Turismo

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte completa sete anos de concessão

COMPARTILHE

Crédito: BH Airport/Divulgação

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, completa, nesta quinta-feira (12), sete anos sob a concessão da BH Airport, período marcado pela transformação da infraestrutura e pelo fortalecimento do papel do terminal como indutor do crescimento e desenvolvimento socioeconômico do Estado.

Ao longo desses anos, foram registrados cerca de 700 mil pousos e decolagens e mais de 72 milhões de passageiros passaram pelo aeroporto. O total de investimentos foi superior a R$ 1 bilhão na ampliação e modernização das instalações. 

PUBLICIDADE

“Só temos motivos para celebrar a chegada dos sete anos, um período de muito trabalho e dedicação da BH Airport, que sempre contou com o apoio dos seus acionistas, o que fez toda a diferença. Os desafios foram – e continuam sendo – intensos, mas os bons resultados demonstram que os esforços nos proporcionam voos ainda maiores: inauguramos o primeiro Aeroporto Industrial do país, promovemos melhorias estruturais em nosso terminal e conquistamos certificações importantes, como a Certificação de Saúde, além do título de aeroporto mais pontual do mundo”, ressalta o CEO da BH Airport, Kleber Meira.

Todos os investimentos realizados contribuíram para que o aeroporto se tornasse referência nacional e internacional na qualidade da prestação de serviços aos passageiros, visitantes e comunidade aeroportuária.

Nesse período, foram realizadas obras no Terminal 2, que se integrou ao terminal principal e ampliou a capacidade do aeroporto para 32 milhões de passageiros por ano. 

A nova infraestrutura possibilitou a atração de novos voos, tanto domésticos como internacionais, e elevou a qualidade de atendimento aos passageiros. Para se ter uma ideia, antes da pandemia, cerca de 30 mil pessoas circulavam diariamente pelo aeroporto e em torno de 300 voos eram operados por dia entre pousos e decolagens. Eram oferecidos voos para 45 destinos, sendo cinco internacionais (Orlando, Fort Lauderdale, Buenos Aires, Panamá e Portugal). 

Com o avanço do plano nacional de vacinação, o setor aéreo já registra incremento na movimentação e o número de passageiros esperado para agosto, 660 mil pessoas, representa cerca de 70% de retomada em relação ao tráfego do mesmo período antes da pandemia. 

Hub logístico internacional 

Ao longo desses sete anos, o Aeroporto Internacional de BH também atuou para se consolidar como um hub logístico reconhecido em âmbito nacional e internacional. Nesse sentido, lançou novos produtos no mercado que contribuem para oferecer aos clientes soluções multimodais.

A partir daí, implantou a primeira rota marítima que liga diretamente o aeroporto ao Terminal Bandeirantes, no Porto de Santos (SP), o que oferece aos importadores e demais públicos estratégicos da área a possibilidade de remoção da carga importada, por meio do modal marítimo, para a Região Metropolitana de Belo Horizonte.  

Pensando também em redução de custos, outro lançamento foi do projeto “Rotas Rodoviárias”, que conecta as zonas primárias, como portos e aeroportos, do sudeste brasileiro, com indústrias, comércios e importadores mineiros. A partir dessa iniciativa, foi possível oferecer uma redução de até 60% no custo do transporte de cargas, o que elevou a competitividade das empresas mineiras com a melhoria contínua da cadeia logística. 

Para completar, um desejo antigo se tornou realidade e o aeroporto passou a contar com uma rota cargueira semanal. Em parceria com a Bringer Air Cargo, a operação liga o Reino Unido, Itália, Holanda, China, Taiwan e México a Minas Gerais, com conexão fixa em Miami, nos Estados Unidos.  

“Tudo isso mostra que o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte está pronto para conectar pessoas e negócios. Estamos em uma região, com localização geográfica estratégica, a apenas 90 minutos de voo dos principais aeroportos do Brasil. De Minas Gerais, temos acesso a 65% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, voando apenas uma hora. Nenhum estado brasileiro tem isso e, consequentemente, nenhum aeroporto tem essa condição”, conclui Kleber. 

Reconhecimento 

No início deste ano, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte conquistou a certificação Airport Health Accreditation, Credenciamento de Saúde Aeroportuária (tradução livre), da Airport Council International (ACI).

A entidade avaliou as medidas de saúde adotadas para promover a segurança de passageiros, visitantes e toda a comunidade aeroportuária. A certificação foi concedida após avaliação criteriosa de todas as ações realizadas pelo aeroporto desde o início da pandemia do coronavírus.

Ficou constatado que o aeroporto fornece uma experiência segura para todos os viajantes, que está de acordo com as medidas de saúde recomendadas nas diretrizes de Retomada e Recuperação de Negócios de Aviação, da ACI, e da Força-tarefa de Recuperação de Aviação do Conselho da Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO).  

Além disso, recentemente, o aeroporto foi considerado o mais pontual do mundo entre os aeroportos médios. O resultado foi apontado pelo relatório da Cirium, empresa especializada em dados para a aviação. O levantamento estava suspenso desde o início do ano passado, quando teve início a pandemia do coronavírus.

Agora, retorna com insights sobre o setor. O objetivo é fornecer aos aeroportos, companhias aéreas e passageiros, informações de quais aeroportos estão cumprindo sua promessa de levar as pessoas de um ponto a outro dentro do prazo previsto.  

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!