COTAÇÃO DE 17/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2660

VENDA: R$5,2660

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2500

VENDA: R$5,4230

EURO

COMPRA: R$6,4106

VENDA: R$6,4134

OURO NY

U$1.866,89

OURO BM&F (g)

R$316,43 (g)

BOVESPA

+0,87

POUPANÇA

0,2019%%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Turismo

BH recebe comitiva que vai selecionar cidade sede do primeiro Hub de Inovação no Turismo do Brasil

COMPARTILHE

Capital mineira concorre com outros quatro municípios | Crédito: Divulgação/PBH

Belo Horizonte recebeu, nesta sexta-feira (26), representantes do Ministério do Turismo e Wakalua Inovation Hub para uma visita técnica. A agenda faz parte do processo de seleção da localidade que receberá o primeiro Hub de Inovação no Turismo do Brasil. A capital mineira concorre com outros quatro destinos (Maceió, Salvador, Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu). O resultado da seleção está previsto para sair em março deste ano.

O objetivo da visita foi apresentar a cidade, seu ecossistema de tecnologia e inovação, seu potencial turístico e o local reservado para receber o Hub de Inovação caso a capital mineira seja escolhida. Por isso, Eduardo Lorea, diretor da Wakalua, Daniel Nepomuceno, secretário executivo do Ministério do Turismo e Francisco Chaves, Assessor da Secretaria Executiva do Ministério do Turismo, foram recebidos na sede da MaxMilhas, empresa mineira signatária da proposta ao lado da Prefeitura de Belo Horizonte, representada pela Belotur e pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da BH Airport. Ainda participaram do encontro representantes da Prefeitura de Belo Horizonte, Sebrae e MaxMilhas.

PUBLICIDADE

Na visita, os representantes avaliaram as dependências da MaxMilhas e o espaço reservado no local para o Hub de Inovação. Em seguida, participaram de um painel virtual mediado pelo professor de empreendedorismo João Bonomo, com a participação de Cláudio Beato, Secretário de Desenvolvimento Econômico e empreendedores de destaque da cidade. Rodrigo Cartacho, fundador da Sympla, Paul Malick, fundador da Flapper e Luciano Brandão, fundador da Voll, mostraram, por meio da experiência de suas empresas, o potencial de Belo Horizonte quando o assunto é inovação e tecnologia.

“É um prazer recepcionar essa comitiva em Belo Horizonte, pois temos a oportunidade de mostrar, não só o interesse do poder público em receber uma iniciativa como o hub de inovação, mas de apresentar a capital como uma cidade que possui um ecossistema maduro e com grande densidade de empreendedores que já desenvolvem soluções relevantes para o turismo a nível nacional. Como temos um ambiente de inovação muito bem estruturado, com a presença de startups reconhecidas, estamos confiantes em mostrar Belo Horizonte pelo viés desse segmento ”, afirmou Gilberto Castro durante o encontro.

Em seguida, os convidados participaram de uma reunião operacional, para discutir questões mais práticas relacionadas à possível vinda da Wakalua para Belo Horizonte e, por fim, de uma reunião no Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

Wakalua é o primeiro hub global de turismo, que fomenta a inovação em mais de 150 países. Este hub promove suas ações por meio de colaborações público-privadas em diversas regiões do mundo, envolvendo startups, investidores, corporações, governos, instituições não-governamentais e academia vinculados ao setor do turismo. O Wakalua tem como parceiros fundadores a Globalia, um dos grandes grupos de turismo da Espanha e América Latina, e a Organização Mundial de Turismo (OMT), agência da ONU que promove o turismo responsável, sustentável e universalmente acessível.

Sediar esse Hub possibilitará uma movimentação relevante no ecossistema de inovação no turismo em Belo Horizonte a partir da estruturação, fomento e incentivo à cultura de inovação e transformação digital. Além do desenvolvimento de programas nacionais, regionais e locais para aceleração de startups, a conquista possibilitará à capital uma gestão inteligente de empreendimentos, qualificação profissional e formalização de talentos, qualificação da base de informação e inteligência, inovação aberta e investimentos para a cadeia produtiva.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!