COTAÇÃO DE 19/04/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,5500

VENDA: R$5,5510

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,5400

VENDA: R$5,7130

EURO

COMPRA: R$6,7043

VENDA: R$6,7067

OURO NY

U$1.771,25

OURO BM&F (g)

R$317,44 (g)

BOVESPA

317,44

POUPANÇA

0,1590%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Turismo

Cresce a demanda por destinos no interior

COMPARTILHE

Crédito Marden Couto/Turismo de Minas

A valorização do turismo doméstico e de proximidade vem ganhando destaque no cenário de retomada das atividades turísticas nos últimos meses. Uma pesquisa da ClickBus, plataforma on-line de compra de passagens de ônibus interestaduais, mostrou que a busca por viagens ao interior do País cresceu 13,23% em 2020, em comparação com 2019. O período analisado considerou os meses de outubro a dezembro.

As rotas mais procuradas com destino ao interior tinham origem em Rio de Janeiro, São Paulo e Ceará e partiam, principalmente, para as cidades de Juiz de Fora (MG), Ribeirão Preto (SP), Campinas (SP), Bragança Paulista (SP), Londrina (PR), Maringá (PR), Campos do Jordão (SP), São José dos Campos (SP) e Sobral (CE). O mesmo estudo mostrou que houve uma diminuição na procura pelas capitais e pelas cidades litorâneas no mesmo período.

PUBLICIDADE

No último mês, o Ministério do Turismo divulgou levantamento que aponta destinos tendência para 2021. Dentre eles, destacam-se cidades mais afastadas dos centros urbanos como Alto Paraíso de Goiás e Cavalcante, distantes 400 km e 510 km de Goiânia (GO), respectivamente. A região abriga o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, eleito um dos 25 melhores parques nacionais do mundo pela National Geographic.

O aumento do interesse por ecoturismo e turismo de proximidade é outra mudança de comportamento registrada pelas pesquisas. De acordo com o buscador de viagens Booking, 59% dos viajantes pretendem ir a um destino de natureza próximo e três em cada quatro (73%) têm a intenção de realizar viagens mais curtas em 2021.

Rodoviário – Desde o ano passado, o Ministério do Turismo vem estimulando a prática do turismo rodoviário e o de proximidade – aqueles destinos com até 300 km de distância de quem quer viajar – como alternativa para a retomada do setor.

O objetivo é incentivar essa retomada do turismo responsável através das rodovias, com consciência, mas também fomentar o turismo de proximidade, sempre obedecendo a todos os protocolos de biossegurança. Diante disso, a Pasta montou um grupo de trabalho para discutir e propor políticas, estratégias e medidas técnicas ou administrativas para aperfeiçoar a mobilidade e a conectividade turística no Brasil.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!