COTAÇÃO DE 17/09/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2820

VENDA: R$5,2820

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,3100

VENDA: R$5,4500

EURO

COMPRA: R$6,2293

VENDA: R$6,2322

OURO NY

U$1.754,86

OURO BM&F (g)

R$298,96 (g)

BOVESPA

-2,07

POUPANÇA

0,3012%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia zCapa

Demanda por crédito do Sicoob Central Crediminas cresce 30%

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

O acesso ao crédito é considerado essencial para as empresas que tiveram o funcionamento afetado pelas medidas de isolamento social para o controle do novo coronavírus. Com a demanda crescente, proveniente destes empresários e de demais clientes, o Sicoob Central Crediminas estima aumentar em 30% os desembolsos em 2020 frente ao ano passado. Em 2019, as operações de crédito somaram R$ 8,4 bilhões.

Somente nos primeiros quatro meses de 2020, o montante desembolsado já chega a R$ 9,9 bilhões, 35,6% acima dos R$ 7,3 bilhões registrados no primeiro quadrimestre de 2019. Nesse mês, a entidade completa 32 anos de atuação no Estado.

PUBLICIDADE

De acordo com o presidente do Conselho de Administração do Sicoob Central Crediminas, Geraldo Souza Ribeiro Filho, a meta para 2020 foi revisada. A princípio – antes da pandemia – a expectativa era ampliar em cerca de 20% as operações de crédito.

Porém, a crise provocada pelo coronavírus afetou diversos segmentos, principalmente comércio e serviços, e alavancou a demanda. Por isso, a estimativa é ampliar em 30% o volume de crédito liberado. É importante ressaltar que a estimativa de crescimento está baseada no cenário atual, mas a entidade irá avaliar, diariamente, o ritmo, uma vez que as incertezas são muitas devido à pandemia.

Além do aumento dos desembolsos, também foi registrada alta nos depósitos. Enquanto no primeiro quadrimestre de 2019 os depósitos somavam R$ 8,86 bilhões, no acumulado de janeiro a abril de 2020, o valor já soma R$ 10,9 bilhões, aumento de 23%. No fechamento de 2019, o valor de depósito era de R$ 10,3 bilhões.

“Com toda a segurança necessária, ainda temos muito capital para ser disponibilizado em crédito. Além dos recursos próprios, trabalhamos com as linhas tradicionais do BNDES e também estamos operacionalizando as linhas lançadas pelo governo federal para o enfrentamento à crise provocada pelo novo coronavírus. Nossos associados poderão solicitar empréstimos com juros e prazos diferenciados. Neste momento, queremos, dentro do possível, contribuir com nossos clientes. No Sicoob Central Crediminas, a aprovação de contratos é de, em média, três em cada dez solicitados, sendo que nas demais entidades financeiras a relação é de um a cada dez solicitações”, explicou Ribeiro.

Agências – Ribeiro explica ainda que o grande número de agências, 614, sendo que em 165 municípios é a única agência presente, contribui para os resultados positivos, uma vez que a capilaridade é maior.

“Ao contrário das entidades bancárias tradicionais, que estão fechando agências físicas, seguimos ampliando a nossa rede e atendendo à população, principalmente, do interior. Além disso, trabalhamos com taxas de juros e valor dos serviços menores. Também estamos focados no bem atendimento ao cliente”.

Para este ano, estão previstas a abertura de mais dez agências. Com o intuito de reforçar o atendimento também nos grandes centros, as novas agências estarão localizadas, principalmente, em Belo Horizonte, Juiz de Fora e Uberlândia. Hoje, o Sicoob Central Crediminas está presente em 508 cidades mineiras.

Serviços digitais – Ainda segundo Ribeiro, com a pandemia, houve uma aceleração nos serviços digitais prestados, que hoje abrange 50% das transações bancárias oferecidas nas unidades físicas.

“Já estávamos investindo no sistema digital, o que foi acelerado pela pandemia. Além disso, outra mudança provocada pela pandemia, é que, hoje, 90% dos funcionários estão em home office e a produtividade não foi afetada, o que é essencial para o atendimento aos cliente e para a preservação da saúde de todos”, disse Ribeiro.

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!