COTAÇÃO DE 20/05/2022

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$4,8730

VENDA: R$4,8740

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$4,9500

VENDA: R$5,0570

EURO

COMPRA: R$5,1492

VENDA: R$5,1504

OURO NY

U$1.846,53

OURO BM&F (g)

R$288,58 (g)

BOVESPA

+1,39

POUPANÇA

0,6441%

OFERECIMENTO

Direto da Redação

Fraternidade sem Fronteiras retoma campanha para reforma e construção de casas para famílias em extrema vulnerabilidade na África

A Organização também vai auxiliar compra de alimentos para famílias refugiadas no Malawi, que estão passando fome

COMPARTILHE

A Organização humanitária Fraternidade sem Fronteiras (FSF) retoma a partir desta sexta-feira, 21 de janeiro, a Campanha Casas de Coração – Malawi, que tem como objetivo arrecadar recursos para a reforma e construção de casas no Campo de refugiados Dzaleka, que abriga mais de 51 mil pessoas que fugiram de seus países de origem devido à guerras, perseguições e crises humanitárias.  

A FSF tem um projeto no local: Nação Ubuntu e o custo para a construção de uma casa na região é em torno de $2 mil dólares (cerca de R$10 mil). A Casas de Coração já possibilitou a construção de 78 moradias para famílias que vivem na área de trânsito (espaço onde refugiados de guerra ficam até poderem construir suas próprias casas) no Campo de Refugiados. Muitas dessas pessoas passam anos na área de transição vivendo em situação de  extrema vulnerabilidade. 

PUBLICIDADE




Atualmente com a frequência das chuvas, as casas que são feitas de barro (estrutura que conseguem para construção), acabam sendo destruídas. As moradias são precárias e na maioria das vezes com um único cômodo, onde abrigam famílias com até 13 pessoas.  A falta de alimentos e de saneamento básico torna a situação dos refugiados ainda mais crítica.

A campanha da FSF tem como objetivo arrecadar doações para a reforma e construção de casas, compra de telhados  e auxílio com cestas básicas às crianças e famílias mais necessitadas. As doações podem ser feitas por meio do link: fraternidadesemfronteiras.colabore.org/casasmalawi, ou ainda por meio de Pix: financeiro@fraternidadesemfronteiras.org.br.

“Somos uma família de quatro pessoas. O pior momento que vivi em minha vida aqui foi o estupro de minha filha. Isso é algo que acontece na área de trânsito que não esquecerei jamais. Estamos recebendo uma casa linda. Meus filhos estão muito felizes na nossa casa nova”, relata uma refugiada beneficiada pela campanha.
 

Sobre o projeto Nação Ubuntu – No Malawi, o Projeto Nação Ubuntu, desde setembro de 2018, tem o objetivo de mudar as histórias de vida e oferecer às crianças, jovens e toda a população de refugiados e malawianos em situação de vulnerabilidade um novo modelo de vida – uma nova oportunidade. Além da escola, são oferecidas oficinas de trabalho com biocarvão, costura e produção de sabão. As obras no local são para a construção de escolas e casas. Atualmente, 350 crianças estudam graças à FSF e 78 famílias têm casa própria.

Sobre a Fraternidade sem Fronteiras – A FSF é uma Organização humanitária e Não-Governamental, com sede em Campo Grande  e atuação brasileira e internacional. A instituição possui 68 polos de trabalho, mantém centros de acolhimento, oferece alimentação, saúde, formação profissionalizante, educação, cultivo sustentável, construção de casas e ainda, abraça projetos de crianças com microcefalia e doença rara. Todos os trabalhos são mantidos por meio de doações e principalmente pelo apadrinhamento.

Mais informações acesse o site http://www.fraternidadesemfronteiras.org.br.
Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!