Mexicanos avaliam ativos da Cemig

19 de julho de 2018 às 0h00

Cidade do México – O grupo de telecomunicações América Móvil, do magnata Carlos Slim, anunciou ontem que avalia participar do processo de venda de ativos de telefonia da elétrica mineira Cemig. O diretor geral da América Móvil, Daniel Hajj, disse, em teleconferência com analistas, que a companhia tem avaliado o negócio e ainda não tomou uma decisão. O leilão dos ativos de telecomunicação da Cemig, que pertenciam à chamada Cemig Telecom e foram incorporados pela companhia, está agendado para o próximo dia 8 de agosto. A Cemig espera levantar ao menos R$ 367 milhões com a negociação, que faz parte de seu plano de desinvestimentos para reduzir dívidas. Lotes – Os ativos da Cemig Telecom foram divididos em dois lotes, o primeiro com preço mínimo de R$ 335 milhões e envolvendo rede ótica em cidades de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. O segundo lote tem valor mínimo de R$ 32,47 milhões e compreende redes em cidades de Goiás, Bahia, Pernambuco e Ceará. A Reuters publicou com informação de uma fonte, no mês passado, que o processo para a venda dos ativos de telecomunicações pela Cemig atraiu interesse inicial de 16 grupos, incluindo grandes operadoras de telefonia e empresas de torres.

Icone whatsapp

O Diário do Comércio está no WhatsApp.
Clique aqui e receba os principais conteúdos!

Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

Siga-nos nas redes sociais

Comentários

    Receba novidades no seu e-mail

    Ao preencher e enviar o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

    Conteúdo Relacionado

    Facebook LinkedIn Twitter YouTube Instagram Telegram

    Siga-nos nas redes sociais

    Fique por dentro!
    Cadastre-se e receba os nossos principais conteúdos por e-mail