COTAÇÃO DE 16 A 18/10/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,4540

VENDA: R$5,4540

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,4700

VENDA: R$5,6130

EURO

COMPRA: R$6,3181

VENDA: R$6,3210

OURO NY

U$1.767,23

OURO BM&F (g)

R$309,68 (g)

BOVESPA

+1,29

POUPANÇA

0,3575%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Economia

Pagamento de auxílio em MG vai favorecer a economia

COMPARTILHE

Os consumidores, além de gerarem movimentação e demanda no comércio e serviços, ao quitarem dívidas, conseguem recuperar o crédito | Foto: Adão de Souza-PBH

O pagamento do auxílio emergencial para famílias que perderam as fontes de renda também está sendo benéfico para os setores de comércio e serviços de Minas Gerais.

De acordo com a pesquisa feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio-MG), em 2021, mesmo com o valor previsto menor que o pago em 2020, os recursos serão utilizados tanto para o consumo como para a regularização financeira, o que movimenta a economia e favorece as atividades.

PUBLICIDADE

Em Minas Gerais, além do pagamento do auxílio por parte do governo federal, o governador Romeu Zema sancionou, na última sexta-feira (21), o projeto de lei que institui o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 por família aos cidadãos mineiros em situação de extrema pobreza.

A previsão é de que o auxílio estadual seja quitado em parcela única em agosto deste ano, após o pagamento da última parcela do auxílio emergencial do governo federal. Cerca de 1,080 milhão de famílias devem receber o valor. O recurso que será utilizado pelas famílias nos comércios e serviços também é avaliado como importante para a movimentação da economia.

O levantamento da Fecomércio mostrou que, em abril, em todo o País, 39,1 milhões de famílias foram favorecidas com o retorno do benefício. Ao todo, foram repassados R$ 8,9 bilhões, segundo o Ministério da Cidadania. A estimativa é de que o montante se repita em maio. Deve ocorrer uma injeção de R$ 44 bilhões na economia nacional com a nova etapa do programa.

O economista-chefe da Fecomércio-MG, Guilherme Almeida, explica que o pagamento do auxílio emergencial em 2020 foi muito importante para movimentar a economia e, mesmo que em menor valor, também será fundamental em 2021.

Segundo ele, muitas famílias que perderam a fonte de renda devido ao desemprego ou comprometimento das atividades em função da pandemia de Covid-19 tiveram o benefício como fonte de renda para sobreviver, consumir e pagar pendências financeiras.

Pesquisa

Os empresários dos setores de comércio e serviço também avaliaram o pagamento como importante. A pesquisa da Fecomércio-MG mostrou que, para 92,1% dos entrevistados, o benefício foi importante para movimentar a economia em 2020, enquanto 86,4% creem que essa medida contribuiu para as vendas do comércio. 

A análise também apontou que 82,6% dos empresários consideram que o fim do auxílio emergencial foi prejudicial à economia mineira. No que se refere à relevância do benefício, 86,4% defendem que o retorno dessa medida é importante para a retomada da atividade econômica.

“De fato, quando se tem a injeção de renda para as famílias isso movimenta o mercado e beneficia os setores. Com o pagamento do auxílio, as famílias destinam os recursos para o consumo de bens de primeira necessidade, outros produtos, serviços e até mesmo para a regularização financeira, com a quitação de boletos, cartões e dívidas pendentes”, disse Almeida.

Ainda segundo Almeida, além de gerar movimentação e demanda no comércio e serviços, ao quitarem dívidas, os consumidores conseguem recuperar o crédito e podem voltar a consumir.

“O auxílio gera impacto na economia, seja para consumo ou pela volta ao mercado do crédito, já que ele pode voltar a fazer compras a prazo”.

Para 2021, apesar da redução dos valores no auxílio do governo federal, que serão de R$ 150 a R$ 375, a expectativa também é positiva.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!