COTAÇÃO DE 07/05/2021

DÓLAR COMERCIAL

COMPRA: R$5,2280

VENDA: R$5,2290

DÓLAR TURISMO

COMPRA: R$5,2070

VENDA: R$5,3830

EURO

COMPRA: R$6,3509

VENDA: R$6,3522

OURO NY

U$1.831,42

OURO BM&F (g)

R$307,84 (g)

BOVESPA

+1,77

POUPANÇA

0,2019%

OFERECIMENTO

INFORMAÇÕES DO DOLAR

Negócios

Embaré conquista novos mercados

COMPARTILHE

Crédito: Divulgação/EMBARÉ

Com fábricas em Lagoa da Prata, Santo Antônio do Monte e Patrocínio, em Minas Gerais, a Embaré, sexta maior empresa de laticínios do Brasil, que está presente em todos os continentes do mundo com suas linhas de confeitaria e lácteos, iniciou 2021 com importantes conquistas no mercado externo.

A companhia retomou os mercados da Índia, Bulgária e Egito e passou a exportar seus caramelos para a Somália, Mauritânia, Argélia e Libéria. Também conquistou a Costco do Canadá, segundo maior varejista do mundo, com mais de 100 lojas no País e 12 milhões de associados (que correspondem a 43% da população).

PUBLICIDADE

“Estamos em negociações com a rede CVS dos Estados Unidos e com a Costco da Coreia do Sul por meio dos nossos distribuidores locais”, acrescenta o gerente de exportação da Embaré, Felipe Antunes.

Também para a linha de lácteos a empresa tem boas perspectivas para o ano. Abriu, recentemente, os mercados da Bolívia e da República Dominicana com exportação do leite condensado e consolidou a exportação de leite, creme de leite e leite UHT no Paraguai, quando embarcou 228 toneladas desses produtos em 2020.

A expectativa é de um crescimento de 10% de volume em 2021. Já para a Venezuela são exportados leite condensado, creme de leite, doce de leite e bebida láctea. Em 2020, a Embaré embarcou 712 toneladas de lácteos para o país e pretende manter o ritmo em 2021.

“Mesmo passando por esse período de instabilidade devido à pandemia, enxergamos a possibilidade de trabalhar a linha de lácteos (principalmente leite condensado e creme de leite) e conseguimos bons resultados em 2020. A perspectiva é de ampliar a venda de lácteos em 2021 e conseguir manter os bons resultados alcançados em 2020 no mercado de doces”, afirma Antunes.

O catálogo de exportação da Embaré engloba mais de 40 versões dos famosos caramelos, além de produtos assinados pela marca Camponesa, como leite UHT, creme de leite, leite condensado, doce de leite e bebida láctea. O alto padrão de qualidade da indústria, que segue normas internacionais, além do trabalho contínuo em pesquisa e desenvolvimento, permite que a empresa atenda diferentes mercados ao redor do globo. Hoje, os caramelos são o carro-chefe de exportação da companhia, tendo sua linha completa exportada – desde os caramelos tradicionais (quadradinhos), recheados, toffees, caramelos premium até suas balas mastigáveis.

Segundo Antunes, o mercado externo é muito aberto em relação a novos sabores e produtos. “Com o intuito de alcançarmos diferentes públicos, de maneira mais assertiva e visando ampliar as opções oferecidas, estamos em constante trabalho junto aos nossos distribuidores para entender quais os itens podem ter mais sucesso em cada um dos países. Sabores, tamanhos, apresentações e outros aspectos são sempre avaliados. Atentos a isso, estamos sempre inovando na formulação dos nossos produtos. Esse ano estamos lançando produtos, para suprir demandas específicas de mercado – o novo Fruitfull Splits chega com um forte apelo de sabor, trazendo o benefício da mistura das frutas. Já o Caramelo Sugar Free vem para atender um público que procura por opções de confeitarias que entregam sabor e saudabilidade”, completa.

Considerando os novos mercados conquistados em 2021, a Embaré está presente em 43 países. “Trabalhamos constantemente para que nossos números sejam superados e que tenhamos crescimento nos mercados em que já estamos presentes, além de conquistar novos territórios”, afirma Antunes.

Atenta às oportunidades de negócio, a Embaré já fechou um calendário de feiras internacionais para esse ano, que se iniciou com a participação da companhia na Gulfood Dubai, a maior feira de alimentos e bebidas do Oriente Médio. Para os próximos meses estão previstos ainda a participação nas feiras Sweets and Snacks em Chicago (Estados Unidos), no mês de junho, Anuga, na Colônia (Alemanha), no mês de outubro, e Yummex (Emirados Árabes Unidos), em novembro.

Ao comentar você concorda com os Termos de Uso. Os comentários não representam a opinião do portal Diário do Comércio. A responsabilidade sob qualquer informação divulgada é do autor da mensagem.

COMPARTILHE

NEWSLETTER

Fique por dentro de tudo que acontece no cenário economico do Estado

CONTEÚDO RELACIONADO

OUTROS CONTEÚDOS

PRODUZIDO EM

MINAS GERAIS

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Comunicar erro

Identificou algo e gostaria de compartilhar com a nossa equipe?
Utilize o formulário abaixo!