Crédito: Reprodução

O programa Leia para uma Criança é o vencedor do Prêmio Jabuti, principal reconhecimento literário no Brasil, na categoria fomento à leitura – eixo inovação. Desenvolvido pelo Itaú Social e Itaú Unibanco há nove anos, a iniciativa já distribuiu mais de 54 milhões de livros em todo o Brasil, incluindo edições em formatos acessíveis em braile e letra expandida, focando no potencial de leitura como agente transformador das pessoas, famílias e sociedade.

Em sua nona edição, realizada em outubro desse ano, a iniciativa distribuiu 3,6 milhões de livros para todo o País, em kits compostos por edições exclusivas de “Leo e a Baleia”, de Benji Davies, e “O Tupi que Você Fala”, de Claudio Fragata e Mauricio Negro.

Os livros infantis são selecionados por meio de edital – as obras passam por uma curadoria de especialistas em literatura infantil, Organizações da Sociedade Civil (OSCs), Bibliotecas Comunitárias, secretarias de Educação, Cultura e Assistência Social, bem como voluntários do Itaú Unibanco, adultos e crianças de diversas regiões do País – e as escolhidas são distribuídas gratuitamente. Além do envio para pessoa física (que realiza o pedido no site do programa), 1,2 milhão de livros foram enviados a crianças matriculadas na rede pública de municípios considerados de alta e muito alta vulnerabilidade, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do País.

“O Prêmio Jabuti é o reconhecimento a um trabalho que nos permitiu levar a literatura infantil de qualidade aos lares, escolas e bibliotecas dos quatro cantos do País. Mais do que distribuir livros, incentivamos a leitura do adulto para e com a criança, estimulando a participação da família na educação de seus filhos desde os primeiros anos”, destaca a superintendente do Itaú Social, Angela Dannemann.

Coordenadora de Linguagens do Itaú Social, Dianne Melo explica que o programa está em constante aperfeiçoamento, tanto na sua distribuição, fazendo com que o livro chegue a quem mais precisa, quanto na qualificação dos mediadores de leitura. “Partimos do princípio de que, se a literatura é um direito humano, precisamos garantir este direito à todas as crianças. É uma iniciativa muito potente, transformadora e de alcance bastante significativo”, explica.

A proposta do Leia para uma Criança é oferecer uma oportunidade de participação ativa do adulto na educação desde a primeira infância, fortalecendo vínculos. O programa também busca ampliar o repertório cultural da criança, por meio da literatura de qualidade, para seu desenvolvimento integral.

A distribuição é feita para pessoas físicas que se cadastram no site do banco Itaú, para bibliotecas comunitárias e para instituições que atendem ao público de 0 a 6 anos.

Prêmio Jabuti – Realizado há seis décadas, o Prêmio Jabuti é constituído por quatro eixos: Literatura, Ensaios, Livro e Inovação. Em sua 61ª edição, homenageou a escritora Conceição Evaristo, também homenageada da Olimpíada da Língua Portuguesa.

É a primeira vez que a premiação conta com a categoria Fomento à Leitura. Antes, era denominada de Formação de Novos Leitores. O objetivo da mudança foi para abranger projetos que vão além formação, mas para todas as atividades de promoção da leitura.

Itaú Social – O Itaú Social é uma fundação empresarial que, há 25 anos, trabalha pela melhoria da educação pública no Brasil. A atuação se dá em dois pilares: formação dos profissionais da educação e fortalecimento de organizações da sociedade civil. Atua como polo de desenvolvimento educacional, ou seja, como articulador, agregador e potencializador de ações em prol da educação. Como os desafios são muitos, os esforços precisam ser diversos e em rede. Por isso, o Itaú Social trabalha com uma ampla rede de parceiros. (Da Redação)